Seja Bem Vindo ao Universo do Fibromiálgico

A Abrafibro - Assoc Bras dos Fibromiálgicos traz para você, seus familiares, amigos, simpatizantes e estudantes uma vasta lista de assuntos, todos voltados à Fibromialgia e aos Fibromiálgicos.
A educação sobre a Fibromialgia é parte integrante do tratamento multidisciplinar ao paciente. Mas deve se estender aos familiares e amigos.
Conhecendo e desmistificando a Fibromialgia, todos deixarão de lado preconceitos, conceitos errôneos, para darem lugar a ações mais assertivas com diversos aspectos, como: tratamento, mudança de hábitos, a compreensão de seu próprio corpo. Isso permitirá o gerenciamento dos sintomas, para que não se tornem de difícil do controle.
A Fibromialgia é uma síndrome, é real e uma incógnita para a medicina.
Pelo complexo fato de ser uma síndrome, que engloba uma série de sintomas e outras doenças - comorbidades - dificulta e muito os estudos e o próprio avanço das pesquisas.
Porém, cientistas do mundo inteiro se dedicam ao seu estudo, para melhorar a qualidade de vida daqueles por ela atingidos.
Existem diversos níveis de comprometimento dentro da própria doença. Alguns pacientes são mais refratários que outros, ou seja, seu organismo não reage da mesma forma que a maioria aos tratamentos convencionais.
Sim, atualmente compreendem que a síndrome é "na cabeça", e não "da cabeça". Esta conclusão foi detalhada em exames de imagens, Ressonância Magnética Funcional, que é capaz de mostrar as zonas ativadas do cérebro do paciente fibromiálgico quando estimulado à dor. É muito maior o campo ativado, em comparação ao mesmo estímulo dado a um paciente que não é fibromiálgico. Seu campo é muito menor.
Assim, o estímulo dispara zonas muito maiores no cérebro, é capaz de gerar sensações ainda mais potencialmente dolorosas, entre outros sintomas (vide imagem no alto da página).
Por que isso acontece? Como isso acontece? Como definir a causa? Como interromper este efeito? Como lidar com estes estranhos sintomas? Por que na tenra infância ou adolescência isso pode acontecer? Por que a grande maioria dos fibromiálgicos são mulheres? Por que só uma minoria de homens desenvolvem a síndrome?
Estas e tantas outras questões ainda não possuem respostas. Os tratamentos atuais englobam antidepressivos, potentes analgésicos, fisioterapia, psicoterapia, psiquiatria, e essencialmente (exceto com proibição por ordem médica) a Atividade Física.
Esta é a parte que têm menor adesão pelos pacientes.
É dolorosa no início, é desconfortante, é preciso muito empenho, é preciso acreditar que a fase aguda da dor vai passar, trazendo alívio. Todo paciente precisa de orientação médica e/ou do profissional, que no caso é o Educador Físico. Eles poderão determinar tempo de atividade diária, o que melhor se adequa a sua condição, corrige erros comuns durante a atividade, e não deixar que o paciente force além de seu próprio limite... Tudo é comandado de forma progressiva. Mas é preciso empenho, determinação e adesão.

Quer saber o que é FIBROMIALIGIA? na coluna ao lado esquerdo das postagem clique no link "Mas o que é fibromialgia"


TRADUTOR

sábado, 7 de fevereiro de 2009

COMO ADQUIRIR LYRICA - NOVO MEDICAMENTO PARA FIBROMIALGIA E O CUSTO DO TRATAMENTO










Depois de muita espera, enfim chegou um novo medicamento para a Síndrome da Fibromialgia, uma doença ainda pouco

retrato da dor, do sofrimento, da incapacidade física

da impotência, da FIBROMIALGIA...

conhecida e divulgada, com poucos locais e médicos especializados para o tratamento, discriminada e, a cada dia que passa, parece ser uma doença progressiva, devastadora, que tem roubado a qualidade de vida da maioria dos portadores, onde as dores e sintomas da doença são extremamente insuportáveis, equivalente às dores oncológicas.
A ABRAFIBRO – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS FIBROMIÁLGICOS, continua a receber muitos depoimentos bem tristes e deprimentes, como também inúmeras reclamações em relação ao tratamento por parte dos peritos do INSS, os quais continuam tratando os pacientes fibromialgicos com falta de respeito, ignorando a falta de condições físicas, emocionais e psicológicas que
impedem os pacientes de exercerem suas atividades laborais, sendo que muitos têm recebido alta, acabam entrando com recursos, ficando sem trabalhar, portanto sem receber o salário benefício, e consequentemente ficando também sem condições de adquirirem os medicamentos necessários.
O custo da Fibromialgia é alto, desde que a doença não seja tratada imediatamente, pois quanto mais demorar o diagnóstico, maior será a quantidade de medicamentos para amenizar as dores e os sintomas e também o tratamento multidisciplinar, como a fisioterapia, psicoterapia e outras necessidades.
A esperança entre os portadores da fibromialgia com a chegada desse novo medicamento é grande, todos estão a esperar para experimentar essa nova droga, confiando que a pregabalina poderá amenizar o sofrimento dessa doença tão mal compreendida, apesar de já existir a tanto tempo.


http://reinehr.org/en/medicina/novo-medicamento/pregabalina-lyrica-a-fibromialgia-agora-tem-remedio-2
“A Fibromialgia, enfermidade que causa fadiga crônica, dores musculares difusas e rigidez, finalmente conta com um tratamento eficaz. A pregabalina, de nome comercial Lyrica, produzida pelo laboratório Pfizer, foi aprovada pelo Food and Drug Administrator nos Estados Unidos no meio de 2007 e trata-se da melhor opção existente na atualidade para o tratamento dos sintomas da Fibromialgia.
Sabidamente, a Fibromialgia é uma doença incapacitante que até o momento não possui cura ou tratamento definitivo. A pregabalina conseguiu demonstrar em um estudo (Pregabalin improves pain associated with fibromyalgia syndrome in a multicenter, randomized, placebo-controlled monotherapy trial. Crofford, L. et al. Arthritis and Rheumatism 2002, 46 (supplement 9) S613)a redução em mais de 50% da dor em 29% dos pacientes que a utilizaram em monoterapia (ou seja, sem uso concomitante de outras medicações), comparado a apenas 13% dos pacientes que utilizaram placebo.
Se olharmos o número absoluto (29%), podemos ver que somente um terço dos pacientes que tomaram a medicação tiveram benefícios, mas é importante salientar que o tratamento da Fibromialgia não é feito somente com uma medicação. É necessário que os pacientes mantenham-se em um programa de reabilitação física, com acompanhamento psicológico ou psiquiátrico além de outras medicações para a dor.
Além do tratamento da Fibromialgia, o Lyrica também pode ser utilizado para o tratamento de dor neuropática periférica, como aquela que acontece em diabéticos ou secundária ao herpes zoster e da dor neuropática central, como aquela sentida por pacientes com lesão da medula espinhal. Ainda é passível de ser utilizado em pessoas com crises convulsivas parciais como complemento ao tratamento anti-epilético já em uso, quando este não está sendo eficaz. Ainda, é útil nos casos de ansiedade generalizada, já que trata-se também de um bom estabilizador do humor.
É importante ressaltar que é uma medicação de uso controlado e só pode ser obtida após consulta e prescrição médica. Dúvidas sobre o tratamento, a dose atual para utilizar e outras dúvidas devem ser tiradas com o seu médico no momento da consulta
”http://reinehr.org/en/medicina/novo-medicamento/pregabalina-lyrica-a-fibromialgia-agora-tem-remedio-2
Costumam dizer que:
“ A fibromialgia não é incapacitante. O paciente fibromiálgico não é um incapaz e não deve ser rotulado desta maneira. Há importante limitação da função e qualidade de vida nos pacientes não tratados, mas não há incapacidade ou deformidade. A pregabalina é, realmente, muito boa para a fibromialgia. No entanto, não é a melhor droga. Já existe outra droga aprovada pelo FDA para a doença e disponível no Brasil. Mas o melhor tratamento para a fibromialgia ainda é a abordagem multidisciplinar, procurando adaptar, a cada paciente, o melhor tratamento.”

COMO ADQUIRIR O MEDICAMENTO LYRICA (PREGABALINA)


A pregabalina já está no Brasil !!! E pode ser comprada direto com o fabricante.

LABORATÓRIOS PFIZER LTDA.
Av. Presidente Tancredo de Almeida Neves, 1555
CEP 07112-070 – Guarulhos – SP
CNPJ nº 46.070.868/0001-69
Fale Pfizer             0800-7701575      
www.pfizer.com.br

O laboratório Pfizer possui uma política de benefício para quem comprar direto com eles. 
Ligue, responda a um pequeno questionário via fone mesmo, e na hora já lhe dizem qual foi a porcentagem de desconto que irão lhe conceder durante um ano. É essencial estar com a receita médica em mãos quando ligar.
O medicamento será comprado na farmácia que a atendente lhe indicar.
Pronto!
O desconto é muito bom, vale a pena!





















124 comentários:

Anônimo disse...

Impossivel adquirir este medicamento, ja que a maioria não consegue nem pagar os mais baratos.
Tomara que traga efeitos beneficos a voce.
beijos
Marta

DIÁRIO DE UMA GUERREIRA DE FIBRA! disse...

Minha Nossa Senhora! Que remédio mais caro, custa um pouco mais que a metade do meu salário de escrivã de polícia civil.

Pra mim é inviável a aquisição desse medicamento.

Celma Leite disse...

Sobre o medicamento liryca, se por ventura alguem for usar aqui no Brasil sera apenas uma clase minima e privilegiada entre politicos, pessoas ligadas ao bispo Edir Macedo, ao Valerioduto a rede Globo etc... Professores, comerciarios, donas de casa, os proprios medicos e os simples mortais sem profissão como eu e outros nem pensar. "Cruz Credo que remedinho caro hem? Parece que tem po de ouro" Ave Maria da até arrepio!!!

regina disse...

Desde minha adoslescência sinto dores musculares muito intensas e só agora um reumatologista diagnosticou c/ fibromialgia. Depois q/ passei a ler sobre causas etc pude perceber q/ após minha alta do tratamento de depressão a 3 meses as dores se intensificaram, isto me faz crer q/ tem tudo q li tem a haver.

Anônimo disse...

ólá??
meu nome é claudia, tenho 25 anos e tenho fibromialgia desde os 13 anos, mas só foi diagnosticado quando tinha 18 anos. Sofro desse mal com dores insuportáveis, e as dores aumentam no frio ou quando passo por um estresse muito alto.
Não aguento mais sentir tanta dor do corpo!!!estou entrando em depressão...choro de dor...´é horrível.E o pior é q ninguem entende, todos acham que é frescura.

Anônimo disse...

São depoimentos muito tristes, desmotivantes, e ao mesmo tempo nos conduz a querer lutar por essa causa, inclusive a de aposentadoria antecipada devido a má condição que o paciente de Fibro vai adquirindo; Eu tenho dores intensas no corpo e juntas, já fiz dez exames e ninguém descobre se existe algo Reumatológico por trás, além da Fibro existente, vai fazer um ano de via crucis em médicos, tenho 31 anos apenas, e confesso não ter uma perspectiva feliz da minha vida daqui para frente, minha médica receitou o Lyrica, comprei e não comecei a tomar ainda, temo que ele me faça mal, engorde muito ou atrapalhe meu início de trabalho, fui contratada recentemente, e estou conseguindo trabalhar, mesmo com dores, fadiga crônica e mal-estar intenso. Bem, espero compartilhar experiências e ocorridos com vçs, amigos de condição. Tenho feito acupuntura, auto-massagem e não consumido produtos enlatados, adoçantes artificias e similares, para desintoxicar o corpo, e não alimentá-lo de radicais livres mais, estou tendo efeitos já.... recomendo, qto as dores, tomo paracetamol e dolamim flex, qdo muito necessário. Abraços e escrevam aqui

Wânya disse...

Tenho dor no nervo ciático(causa da dor colona L4 e L5), e meu médico receitou.Ainda estou no 1º comprimido e estou com dúvidas,mais na caixa vem escrito dor neuropática LYRIA PEGABALINA 75MG COM 14 COMPRIMIDOS PARA TOMAR 12/12 HORAS,ele dis quea caixa com 14 comprimidos custari mais o menos 200 reais,pois estou com uma astra grátis que ele me deu.Espero ter cmpartilhado algma coisa que posa tirar alguma dúvida de vocês.Ha na coluna também stou colocando em cima salompas,para aliviar a dor nela.Abraços a todos.

Seja Bem-Vindo à loja The Triumph disse...

Oi eu tenho fibromialgia a mais de 10 anos nao aguento mai ,sao dores pelo corpo todo ,mas este remedio e muito caro

Anônimo disse...

Minha irmã, em Goiás, já é usuária de Lyrica, ao preço de 120,00. Acabo de descobrir que tenho esta síndrome, e hoje não saí da cama, com dores insuportáveis. Em virtude de uma lesão renal, usei corticóide 8 mesese parei esta semana; fiquei diabética, hipertensa e obesa. Gostaria de saber se tem contra-indicação para estas doenças.

Unknown disse...

tenho 40 anos sofro desd 30 hoje me encontro melhor com enegia fazendo auto hemo tente façam e se sentirao muito mas muito melhor a dor qe sentimos um ser humano normal nunca saberá só nós mesmos um grand bj e neo desistam!!!!!!!!!!!!nao tomo nem anti depressivo a um ano!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Olá, meu nome é Marlineide, tenho 44 anos e descobri que tenho fibromialgia há um ano, depois que fiz histerectomia, tenho dores musculares muito fortes, principalmente nos ombros, evitando que eu durma de lado...também tenho discopatia degenerativa lombar, (estou perdendo 6 discos), ainda estou encostada pelo INSS, pois devido a coluna não tenho como ficar sentada muito tempo...Muito bom saber que existem pessoas que possamos compartilhar nossos problemas, (que são parecidos)...
obrigada..

Anônimo disse...

Minha esposa chora de dor devido aos sintomas da fibromialgia e, para minimizar faço massagens em todo o corpo dela..Tenho notado que as massagens permitem que ela tenha uma boa noite de sono; todavia, o frio e as situações de conflitos emocionais maximizam as dores...às vezes, ela diz que gostaria de morrer logo, por causa das dores e, aí, procuro acalmá-la..Realmente, trata-se de algo muito complicado..
Os nódolos têm aumentado, alguns estão muito rígidos...

Estou me tornando um pesquisador independente acerca desta temática..

Ao menos, a nossa vida sexual não foi afetada, visto que a libido dela é maravilhosa...

Continuaremos a procurar uma solução aliada aos tratamentos alternativos..

Que a Divindade lhes dê força e coragem para se recuperarem..

Anônimo disse...

Ao ler os testemunhos aqui postados, lamento que a maioria das pessoas não tenha poder económico para ter acesso ao Lyrica; fico incrédula e muito triste por não poder ajudar... tenho 36 anos e estou a tomar o Lyrica ha 8 dias, já sinto melhorias significativas.O Lyrica em Portugal é comercializado a um preço baixo ( o preço é igual a uma caixa de analgésico de venda livre ), mas obviamente tem de ser receitado pelo médico.
Um beijo para todos e muita coragem!
Maria José Fraga

Silmara disse...

ola meu nome é silmara tenho fibromialgia há mais de 3 anos, doe muito, sinto muito cansaço, até que durmo bem a noite, mais quando acordo, parece que apanhei ou trabalhei a noite toda, comecei a trabalhar como manicure, no dia seguente chorei de dor, e ninguém acredita, acha que é frescura, no momento estou até tomando um antinflatório, olha dá ate uma aliviada, mas não passa, continuo tendo as mesma dores, fadiga, um peso pelo o corpo. Esse medicamento é muito caro é praticamente o que meu marido ganha, não tenho condições de adquirir um medicamento desse valor, é inviável.

laninha07 disse...

Hoje, 09.12.09, comprei o Lyrica a 86,00 no Rio de Janeiro. Comecei a usar hoje e, como até então desconhecia esse medicamento, me preocupou muito ler na receita que era indicado para convulsões, já que não sou epilética, mas pelo que vi nos depoimentos anteriores, Lyrica já é conhecido como tratamento da fibromialgia.
Vamos tentar mais esse e ver se dá certo.
Eliane

laninha07 disse...

Hoje, 09.12.09, comprei o Lyrica a 86,00 no Rio de Janeiro. Comecei a usar hoje e, como até então desconhecia esse medicamento, me preocupou muito ler na receita que era indicado para convulsões, já que não sou epilética, mas pelo que vi nos depoimentos anteriores, Lyrica já é conhecido como tratamento da fibromialgia.
Vamos tentar mais esse e ver se dá certo.
Eliane

Melany disse...

Segundo o depoimento de um marido de fibromiálgica, a libido da esposa continua maravilhosa... sorte deles ela não ter tomado os medicamentos: fluoxetina e paroxetina, senão seria mais um problema para os dois, como o foi prá mim em dois períodos diferentes!
Portanto, além de conviver com as dores e o mal humor, esse era mais um motivo para eu me sentir morta ou querer morrer.
Meu namorado também virou um pesquisador contumaz dessa síndrome, na firme determinação em me/nos ajudar. Ele que me falou desse medicamento lyrica. Bem, se não chegar ao brasil em um preço mais acessível, imposível manter o tratamento. Portanto, nem irei atrás dele.
Boa sorte para todos nós!

Rossiley disse...

QUERO ADQUIRIR ESTE MEDICAMENTO DE GRAÇA POIS É MUITO CARO E O TRATAMENTO E LONGO E SEM RETORNO.
TENHO FIBROMIALGIA TEM 10 ANOS , FOI UM REUMATOLOGISTA QUE DIAGNOSTICOU APÓS VÁRIOS EXAMES SEM NADA CONSTAR.TODOS ACHAVAM QUE ERA FRESCURA O QUE EU TINHA , MAS É REAL.FICAVA COM VERGONHA PORQUE AS PESSOAS : COLEGAS DE TRABALHO MUITAS VEZES ME CRITICARAM POR EU ME QUEIXAR DE DORES , MAS NUNCA CHEGAVA ATRASADA E NEM FALTAVA AO TRABALHO.QUANDO O QUADRO FICAVA MUITO AVANÇADO IA AO MÉDICO E ME QUEIXAVA DE OUTRAS COISAS PARA ME AFASTAR POIS TINHA VERGONHA DE TER ESTA SÍNDROME PORQUE NÃO APARECIA NADA.FUI MUITO DISCRIMINADA PELOS MEUS COLEGAS DE TRABALHO , MAS GRAÇAS Á DEUS OS PERDÔO POIS NÃO SABEM O QUE É ISTO E ESPERO QUE NUNCA DESCUBRAM EM SUAS PELES.O TROÇO É GRAVE E TERRIVEL.DE QUE FORMA PODERIAMOS SENSIBILIZAR O SISTEMA PARA NOS AJUDAR NO CUSTO DESTE TRATAMENTO???ALGUÉM PODERIA NOS DAR UMA LUZ?
PAGUEI NESTE ULTIMO TTO. 113,50 CADA CX. DE LYIRICA 150 MG. E DEVEREI TOMAR 1 A CADA 8 HORAS. O QUE FAZER , TOMAR A MEDICAÇÃO OU MORRER DE DOR. E AFASTADA O SALARIO CAI, SENDO CLT OU ESTATUTARIO. É DIFICIL ME SINTO ABANDONADA... E A CARA DO MÉDICO QUE TE OLHA E PERGUNTA : O QUE VOCE FAZ??? SERÁ QUE ELE PENSA QUE EU TRABALHO NA CONSTRUÇÃO CIVIL???

Daniela disse...

Olá, meu nome é Daniela, tenho 31 anos e há alguns meses atrás foi diagnosticado a fibromialgia, há anos sinto dores horríveis pelo corpo, principalmente nos ombros e na coluna, tbém tnho discopatia degenerativa, quase nao tenho energia pra nada, e é tão difícil, ninguém me entende, acho que as vezes as pessoas pensam que sou preguiçosa, porque muitas vezes nem quero levantar da cama para não ter que enfrentar mais um dia de dor. Tomo antidepressivos que ajudam um pouco, mas ainda nao comecei a tomar o medicamento Lyrica, mas espero que ele alivie os sintomas. Espero que ajude a todos nós.

Pricila Kovalski disse...

Meu Nome é Pricila, tenho 23 anos e a 1 ano fui diagnosticada com fibromialgia, graças a Deus ainda tenho forças para trabalhar, estudar e fazer natação e graças a esta tenho conseguido controlar a dor e os nodulos, porem os demais sintomas permanecem, comecei o tratamento com com o Lyrica 75mg, mais alguem esta utilizando o lyrica? Algum sintoma de melhora? pq ate agora só sinto efeitos colaterais.

Eliane (nanytur@hotmail.com) disse...

Comecei a usar o lyrica e estou esperançosa pelo resultado que meu medico observou em varios pacientes.

Desenvolvi a fibromialgia após um acidente de carro onde fiquei com hernias cervicais e essa dor pode ter gerado o problema que se espalhou pelo corpo todo.

Infelizmente pela minha experiencia de 10 anos sei que o paciente de fibro tem 2 alternativas: ou passa o dia gemendo de dor ou toma remedios fortes e fica jogado numa cama dopado. De qualquer forma o que evita a piora das crises de dor é a fisioterapia, mas com terapia manual, só fazer ultrassom e ondas não adianta nada e outros instrumentos como TNS só estimulam a minha dor, a minha tolerancia é zero para choques, o que inclui "acupuntura", fiquei sem andar após 3 sessões.

Muitos medicos ignorantes quando voce diz que tem fibromialgia ja perguntam: "como vai sua vida pessoal?", pois confundem com depressão ou acham que é autopiedade, nos tratam como loucos e não doentes. Teve um medico que nem tocou em mim, nao pediu exames e disse que eu nao tinha nada.

O importante é não desistir, existem bons medicos e novos tratamentos. A vida vale a pena mesmo com dor!!!

nanytur@hotmail.com

Unknown disse...

SINCERIDADE ESTOU PASMA , TRISTE , REVOLTADA .
TO ENTREGANDO TUDO NA MAO DE DEUS E QUE ELE ABRA A VISAO DOS PERITOS , JUIZES E ALGUEM A MAIS QUE POSSA NOS SOCORRER PQ SO ASSIM MESMO ... PEDIR SOCORRO .
MARGARETH / SANTOS -SP

Anônimo disse...

Olá, meu nome é Adenir tenho 33 anos, mas sofro desde dos 10 anos de idade, mas somente aos 30 anos descobri o problema de Fibro, sinto muitas dores e até agora só consegui tratamento em Jundiapepa, Hospital Dr. Arnaldo, no entanto parei com o tratamento não tem mais especialista lá, mas o remedio que eu uso é AMITRIPTILINA, ´me dá muito sono, o que fazer?
o meu email é: b.adenir@ig.com.br ou adenir_souza@hotmail.com, por favor entre em contato comigo, preciso de ajuda para conseguir o tratamento.
Desde já agradeço pela atenção dispensada.

Anônimo disse...

Tenho 53 anos e anos sofro de dores no corpo e cabeça, insonia, SII, dores na face e só agora foi constatada a fibromialgia, a pouco mais de 1 ano, sou funcionaria publica municipal. E sinto que as pessoas que trabalham comigo (chefes, colegas) acham que estou com frescura. Me sinto mal psicologicamente, por não conseguir desempenhar minhas funções como gostaria, até a familia me trata com certa desconfiança, eu tomo antidepressive e remedio para dores musculares. tem dias que amanheço com o corpo duro e tenho que ir trabalhar com dor ou sem dor. E tem o descaso e o preconceito para enfrentar todos os dias, dói mais ainda...

Anônimo disse...

ola!sofro ja a 6 anos e recentimente descobri que sofro de fibromialgia,estou tomando o remedio que o doutor me endicou o lyrica junto com amyitril vcs ja tomarao esses dois rémedio juntos tomo dois por dia e ele me disse que vou ficar boa bjs...

Renascer disse...

Olá!Sou portadora desta doença a cinco anos e venho me mantendo viva e saudavel com um tratamento de fisioterapia,como:Masagem,drenagem e pilats.Mesmo com dor que as vezes não consigo andar tenho garra para lutar mesmo chorando .
Tenho 52 anos. OBS:Lutem e meditem que isto os ajudara.

Anônimo disse...

a fibromialgia causa inchaço no paciente?
aguardo ancioso uma resposta.
obrigado desde já.

André dumas.

Massaro disse...

OLA PESSOAL!
PAZ E BEM A TODOS,COM DORES, MAS FAZER O QUE.PASSEI POR UMA CIRURGIA
DE COLUNA CERVICAL À UM ANO,FIQUEI COM CEGUELAS.NÃO PERDI MOVIMENTOS DOS BRAÇOS,MEU MEDICO NEUROCIRUGIÃO
ME DISSE QUE FIQUEI COM CERVICALGIA CRONICA REFRATARIA,(DORES CRONICAS RADIANTES PELOS MEMBROS SUPERIORES).ESTAVA FAZENDO TRATAMENTO COM PAMELOR 75MG,NEUROTRIP 75 MG E FISIOTERAPIA 4 VESES POR SEMANA DURANTE 1 ANO,
NÃO RESOLVEU NADA.FAZ 15 DIAS QUE ESTOU USANDO O LIRIKA 75MG,NO MEU CASO PERCEBI QUE AS DORES JÁ DIMINUIRAM 50%,O TRATAMENTO É POR 3 MESES DISSE MEU MÉDICO.EU ESPERO QUE CICATRIZE A REGIÃO QUE FICOU LEZIONADA.QUANTO AO PREÇO ESTOU PAGANDO AQUI EM LIMEIRA SP. EM MÉDIA $80:00 REAIS A CAIXA COM 14 COMPRIMIDOS, AINDA NÃO TEM GENÉRICO. E NEM TEM NA REDE PUBRICA E ESTADUAL.ESTOU AFASTADO DO TRABALHO A 2 ANOS, NEM VOU COMENTAR DAQUELE TAL DE INSS.
ESPÉRO COM ESSE COMENTARIO TER AJUDADO EM ALGUMA COISA.EM BREVE COMENTAREI MAIS SOBRE MEU RESULTADO. UMA BOA SAÚDE À TODOS E SEM DOR.

Renilda disse...

Sou portadora da fbr e o meu reumatologista receitou CIMBALTA ue custa 258,000 com 28 comprimidos comprei estou usando no retorno expliquei para ele que nao era possivel continuar usando por ser muito caro, e que queria fazer parte do programa do governo que distribui remédio.Entao ele me disse qu esse programa não tinha remédio para fibromialgia. Sou da Bahia e quero saber se isso é verdade.

FAZENDA ECOLOGICA disse...

Minha mulher começou a tomar Lyrica ha uns 60 dias o efeito foi muito bom, mas de repente começou a falhar. Estamos suspeitando de falsificação do remedio. Alguem tem alguma posição quanto a isso?

Elaine disse...

Oi,

Tenho fibromialgia e sofro a 10 anos com ela, até descobrir que o que eu tinha fiquei durante 4 anos afatada do trabalho pelo INSS, quando finalmente descobri o que eu tinha eles me deram alta. Um absurdo!!.
Comecei a 3 meses o tratamento com Lyrica 75 mg ao preco de R$ 69,00 a caixa com 28 comprimidos. Tomo de 2 a 3 comprimidos por dia dependendo do quadro de dor. As crises fortes de dor que tenho as vezes nao sumiram, mas a sensacao de peso no corpo e a dificuldade de sono melhoraram muito.
Espero estar ajudando outras pessoas com o mesmo probema que eu.
Uma dica, bom humor e alto astral ajudam e muito na depressao e nos outros sintomas.
Abraços
Elaine

malu nardin disse...

EU SOU MARIA LUCIA,COSTUREIRA JA TENHO ESTA DINDROME HA MUITOS ANOS NINGUÉM SABIA ME DIZER O QUE ERA FUI PARAR ATÉ EM PISQUIATRA ACHANDO
QUE ESTAVA LOUCA A MAIS OU MENOS TRINTA ANOS ATRAS, MUITO CHOREI POIS NÃO SABER O QUE TINHA .MAS CONTINUEI A VIVER A BASE DE MEDICAMENTOS PARA ARTROSE,ARTRITE,E TUDO FOI CADA DIA MAIS SE AGRAVANDO ,HOJE ESTOU ENCOSTADA RECEBENDO SALARIO MINIMO TUDO ISSO PORQUE AINDA ENCONTREI UM FILHO DE DEUS QUE ACREDITOU EM MIM,POIS PARA OUTROS EU TINHA FRICOTE,TUDO ERA PISCOLOGICO,CHEGUEI A TAL PONTO DE NÃO COLOCAR A PROPIA ROUPA,FICAR ACAMADA ,MUITAS VEZES ENTREI EM DESESPERO QUERIA DEIXAR DE VIVER,POIS ESSAS DORES SÃO INSUPORTAVÉIS,ENLOQUECE QUALQUER UM
HOJE AINDA CHORO POR NÃO PODER SER UTIL,E FICO MUITO DEPREMIDA,NÃO TENHO VONTADE DE FAZER NADA ,TUDO DÓI,NÃO TENHO VIDA MAIS, VEGETO,E PROCURO MANTER A VIDA PELO MEUS FILHOS,QUANTO A ESSE TRATAMENTO COM
LYRICA VOU DEIXAR PARA PROXIMA ENCARNAÇÃO QUEM SABE ATÉ TENHO NOVAS OPORTUNIDADES DE USAR,SE EU DEPENDER DESSE MEDICAMENTO HOJE
SEI QUE VOU CONTINUAR NA DOR,MAS ACREDITO EM DEUS TEM SIDO MEU ALIVIO NA FÉ E NO AMOR,VOU BRIGAR COM O MEU DESTINO PARA CONTINUAR A VIVER.MINHA VIDA MINHA HISTORIA.

Virginia de Freitas (pode chamar de Dina) disse...

Gente procurem na internet...por exemplo na drogaria Onofre está $102,66 a caixa do Lyrica!Não é tão absurdo assim!!! Tem lugares q pesquisei q vende até sem receita médica....é só procurar!
Não tem porque sofrer tanto!
bjus
Virginia

Virginia de Freitas (pode chamar de Dina) disse...

Gente encontrei o lyrica na drogaria Onofre por $ 102,66....não é tão absurdo assim! Não tem pque continuar sofrendo com dor! Procurem na internet...tem drogarias qentregam até sem receita médica!
bjus
Virginia

Espaço de Cultura disse...

Meu nome é Suzy Diane e sou portadora da Fibromialgia mais de 15 anos. Já tomeu tudo que era indicado pelos neuros e psiquiatras.Sai da minha área detrabalho(Prof. Educação Física) e tentei por vários anos escrever e tocar projetos direcionado aos alunos, mas mesmo assim não conseguia concluir o ano letivo, principalmente na chegada do inverno. Fiquei afastada várias vezes e me sentia com mto vergonha, até que decidi me aposentar por invalidez.Sei que tomar essa atitude não foi nada fácil pra mim, mas mesmo tendo perda de salário sinto em paz comigo mesmo, pois sei que não tinha mais condições de manter uma rotina de 8 horas de trabalho.
Hoje estou tocando um projeto de literatura infantil, independente de rotinas e de carga horária.
Continuo ainda com dores e atualmente tomo os seguites medicamentos; Rivotril;Neosine e Prestiq.Estou com dores forte na lombar proviniente a uma hérnia de disco e houve a indicação do uso da Lyrica mas estou resistente ao uso,sem dizer que é uma medicação mto cara, e desconheço os efeitos colaterais. Por favor se alguém já faça uso me escreva.
Meu endereço é Suzydiane@hotmail.com
Desejos à todos mesmo que pqnos momentos, alívio das dores!!

tarcio&carmem disse...

Bom dia,

Sou carmem e tenho fibromialgia há muitos anos, estou cada vez pior. Ja não consigo me manter nos empregos por causa das dores, amnheço tão quebrada, não durmo,me movimentar esta cada vez pior!
E o pior disto tudo é que precisamos viver no dia a dia com tantas dores que as vezes nos acostumamos a sentí-las. E as pessoas não acreditam que sentimos tanta dor o tempo inteiro.
Hoje estou muito ruim, estou com vontade de chorar, pois ja estou cançada disto tudo.
Tomo remédio demais para dor e nada adianta! Não consigo me aposentar pelo INSS pois eles dizem para vboltar para o trabalho, mais de que forma se em cada amanhecer as dores estão presentes e os horários n~~ao batem com o que podemos fazer.
Será que este novo remédio ja tem aqui no Brasil, e poderemos conseguir pelo governo?
Seria um sonho!!!!!!!!!!!!
Abraços

ALDO VIEIRA disse...

Olá. Me solidarizo com todos os que apresentam esse quadro pois minha esposa tbm é portadora dessa síndrome horrorosa. Gostaria de saber se alguém já tentou ou sabe ser possível manipular a pregabalina. Seria uma boa saída para quem não pode pagar o preço do remédio importado.

Unknown disse...

Olá a todos. Tenho sofrido do mesmo problema, entretanto não tenho convênio médico e já cansei de reclamar de dor aos médicos do SUS e não chegam a lugar nenhum, dizem que é stress. Amanheço todos os dias com muitas dores no corpo e estou sempre cansada, mas não vou desistir, darei um jeito de encontrar um médico que me ouça. Sou advogada e gostaria de comunicar a todos que já entrei com diversas ações para que fossem fornecidos medicamentos que não constam naquela relação dos medicamentos fornecidos pelo SUS e sempre foram obrigados a fornecerem, se alguém precisar de informações de com procederem, mesmo em seus estados podem entram em contato, ou até mesmo advogados, espero poder ajudar a todos. Meu e-mail: roselikozara@yahoo.com.br sou de São Caetano do Sul - São Paulo, todos merecem melhores condições de vida, ninguém merece tanta dor. Abraços a todos.
Roseli

Unknown disse...

Sofro de fibromialgia, há 4 anos, sendo que esta patologia só foi diagnosticada no início deste ano. No começo, pergunta-se: por que logo eu?. Depois, comecei a perguntar, como posso ter uma vida quase normal e melhorar o meu estado de dor. Neste mês de agosto de 2010, comecei a tomar o Lyrica, pois estava com um quadro fortíssimo de dor, assim recomendando o meu reumatologista. Em 14 anos de serviço público, tive que tirar, pela primeira vez, um mês de licença médica. Realmente, fico imaginando aqueles que tiveram que reduzir o trabalho ou até mesmo perdê-lo, por conta desta dor mal compreendida. É difícil não ter um diagnóstico por meio de exames e testes laboratoriais. Não temos culpa, se a medicina não avançou a ponto de avaliar o cérebro de forma minuciosa. Ninquem sabia o que era doença de Chagas até ele estabelecer como ela ocorria. O próprio quadro de esquizofrenia só é obrtido através de diagnóstico do médico. Então, eu realmente sinto muito pena daqueles médicos do INSS que não tratam devidamente o paciente. Na verdade, sinto que por estar a Previdência com um rombo enorme, eles são obrigados a fazer isto.

Quanto ao Lyrica, hoje o preço está mais em conta(28 capsulas 75 mg R$ 69,00).

No mais, como a minha fibromialgia decorreu de um estado de stress e ansiedade, sugiro ir procurando melhorar essas condições. Comigo, a yoga, respiração, descanso, um pouco de exercício leve, vem ajudando.

Abraços.

Anônimo disse...

tbm sinto dores tdos os dias fico irritada,pago caro em exames mas não acusa nada as vzs penso que os medicos acham que eu fico procurando doenças é muito deprimente tdo isso!

Anônimo disse...

ola!!! Sabem de uma coisa, que bom que eu li o depoimento de várias pessoas, pq eu sou tida pela minha familia, como preguisoza, filinha da maemãe, se fazendo de coitadinha, mimadinha, corpo mole, e etcsss. BOM eu tive um relacionamento onde este ex-namorado disse so faço aquilo q vc puder, quizer fazer, ou seja qdo parei de me culpar q nao conseguia nem tomar banho, melhorou, remedios como anti depressivos, eu tenho uma lista ja de nuns 30 que nao tiram minhas dores, lyrica so fiquei sabendo ontem, pq nem os reumatologitas nao sabem u q é, eu ja dei aula pra um reumato, a fibro. é o apelido q dei , la vem ela a a dona fibro, eu larguei "tudo",trabalho, relacionamentos, amigos, tudo, e qdo vem um problema eu vou é passear nem q seja ver o mar, moro sozinha, nao tenho ninguem e disse pra dona fibro: se nao me vence, hj nao tomo banho amanha quem sabe eu me levanto, e ainda fico vem , vem me pagar, essa " DOR " é comparada a estados terminais de câncer, alem de nao se conseguir fazer nada, meus musculos ardem , queimam, ta eu faço massagem, caminho com dor, ai vc engorda, pq fica na cama com dor o dia todo, ja tomei morfina, e a bandida nao me larga, sexo, nem pensar pra quem nem banho consegue, as x meus 2 poodles peq. sobem na minha cama, com fome, ja pensei ate em dar-los , mas a minha sorte q tem um q sobe joga a bolinha na minha cama e eu jogo no chao ou empurro com os pés. INSS , a gente isso ai é tudo de bom, sabe u eu fiz depois de 2 acidentes, onde 1 eu tive ate parada cardiaca,eu tenho todos os tipos de doenças menos a tal da dona fibro com isso estou ha 8 anos compartilhando do imenso carinho do DRºINSS, ta vou é ver com uma farmaceutica, bacana se ela tem como manipular a tal pregabalina ou entao compro se sentir mesmo melhora, haaaa eu entro na justiça pedindo esse remedio, se ele fizer efeito, o srº PODER JUDICIARIO q é muito justo nessa pais vai ter q medar esse remedio, vegetar nunca ria da sua dor... eu mando noticias em, bjs e se cuidem com o bom humor. Sera q agora eu consigo dormir ja tomei 5 comp pra dormir, rsrsrs.

Unknown disse...

tenho 48 anos e sou portadora dessa tal fibro descoberta há mais ou menos uns cinco anos, a ciclobenzaprina e amtripitlina não estão fazendo mas efeito as dores de cabeça são terriveis , estou passando por uma fase dificil e ainda não conseguir comprar o lirica receitado pela reumato na ultima consulta, o sofrimento é maior por me sentir incapas ás vezes ate de ir naesquina comprar o pão; ás vezes tenho vontade de fechar no quarto e naõ sair de lá tão cedo.

Anônimo disse...

oziel tb/pr: Já tive duas vezes inrernado na UTI com dores do lado esquerdo logo abaixo do braço, há mais ou menos três anos sofro com este tipo dor. Os médicos confundem achando que estou tendo um infarte!há pouco um neuro falou que havia possibilidade de ser fibromialgia.E por incrível que pareça já tomei remédios até de 200,oo reais, maos o que mais deu resultado bom foi o MIOFLEX que custa na faixa de 7,00 do qual estou me valendo, nem a lyrica ajudou.Abraços e melhoras a todos!!!

Raquel disse...

Éh verdade....sofro de FIBROMIALGIA há 9 anos,desde os 35....com 38 anos entrei no processo de Menopausa precoce,já houve dias q com todo respeito num conseguia limpar minha bunda...num tinha forças pra tomar meu próprio banho ...cheguei a esperar a Morte chegar...e o pior.. ela nunca chegava... como num dar conta de fazer nada? ném a própria higiêne?....Vendia planos de Saúde ...perdi o serviço pois num conseguia sair para vender..Vivia rodeada de Amigos e aos poucos foram se distanciando...essa doença é incompreendida...muitos criticam, acham q é preguiça e tals...Com a divulgação da Mídia q aos poucos para a discriminação ...Hj uso o Bromasepan e antiflamatórios quando num aguento mais a suportar as dores..!! No início me disseram q éh porq sou obesa..mas por ironia do destino num conheço nenhuma outra obesa com essa doença...conheço várias ..mas todas magras...há e tbém adquiri Diabetes pra complicar....affs...mas creio q na verdade tenho éh q aprender a administrar minhas dores... !! HJ já faço pequenas atividades domésticas e sou vendedora autônoma!!
Agradeço a Deus por me fortalecer a cada instante !!

Raquel disse...

Olha pelo q vejo só mulheres sofrem de FIBROMIALGIA porq será ?
gostaria de saber !!
Quem souber o porq me avisem !!
tenham uma ótima tolerância !!!

Anônimo disse...

olá, sou sandra, tenho fibro a 15 anos, cansei de gastar dinheiro com ortopedista, até que um reumato me ajudou. eles passam os mesmo remédios, fluxetina e triptanol, miosam. mas apenas ameniza o sofrimento, e engorda, na verdade ainda não encontrei um remédio que me ajudasse pelo ao menos 50 por cento. estou pensando em tomar lyrica, mas com este preço.....fica difícel. alguem esta tomando? se sente melhor? apreciaria a resposta. sandra

Unknown disse...

Sou fibromiálgica e acho que a fibromialgia (só) não é incapacitante. Contudo a fibromialgia associada a outras patologias que em geral a população a partir dos 40, possui, se torna DOLOROSAMENTE INCAPACITANTE. Vejam meu exemplo: Tenho 44 anos, fui diagnosticada como fibromiálgica desde os 39 anos. Contudo, desde da adolescência tinha ovulação dolorosa. Precisei ficar internada varias vezes, sem que nenhum médico entendesse minha dor, que apesar de tomar dolantina na veia, não passava. Teve médico que me acusou de querer atestado para não trabalhar. Este martírio específico passou quando retiram meu útero que estava sadio. É claro que autorizei a retirada do útero e nesta época eu não sabia o que era fibromialgia.
Desde de pequena tenho uma escoliose, e por isso tive vários episódios de ficar de uma hora para outra sem poder me movimentar. Hoje tenho 2 hérnias e 2 protusões (pré hérnia) e a dor é horrível, irradiando para o nervo ciático. Tem dias que não consigo me levantar da cama. Já me submeti a radiculotomia, já foi retirado liquido que vazou da hérnia etc... Só tenho indicação para fazer exercícios na água (hidroterapia). Ou seja acredito que assim como eu, muitas pessoas tenham artrose, artrite e outras doenças do gênero (que causam dor) associadas com a FRIBROMIALGIA ESTÃO INCAPACITADAS PARA O TRABALHO CONTUDO CONTINUAM SE VIOLENTANDO PARA TRABALHAR, EM VIRTUDE DE NAO TER OUTRA OPÇÃO. Estas pessoas, que tem restrições de exercício e não tem como ter uma atividade física normal, estão INVARIAVELMENTE a mercê da FIBROMIALGIA e desta forma incapacitadas para o trabalho. Portanto É NECESSÁRIO QUE os médicos vejam com sensibilidade todas estas condições incapacitantes, para considerar a possibilidade de aposentadoria por doença especificada em Lei, no caso do paciente ter FIBROMIALGIA ASSOCIADA COM OUTRA PATOLOGIA DOLOROSA.

narcy antonia mendes baia disse...

descobri que tenho fibromialgia a pouco tempo, usei o lyrica, a dor diminuiu, mas quando tomo tenho a sensação de tontura, e sono , fico quase dois dias de cama no efeito do remédio,mas descobri uma que me ajudou muito, foi PILATES, faço tres vezes por semana, nao tenho tantas dores,e consigo ter uma vida melhor, e nao e tão caro, melhor que ficar tomando remédios..

Unknown disse...

Bom dia a todos,
Sou mais um a compartilhar da dor diaria da fibromialgia.
Sou educador fisico, mas devido as dores precisei mudar de área de atuação. Ainda assim, continuei a estudar os efeitos da atividade física na dor.
Sei que é muito dificil para iniciarmos a atividade fisica, mas passado o periodo de adaptação, há muitas recompensas. Relaxamento muscular, melhora no humor, entre outros. É necessário que se tenha muita força de vontade para iniciar a atividade e que encontre a atividade mais adequada para vc.
Quem quiser trocar umas ideias sobre atividade fisica e dor, por favor, estou à disposição.
cadusainz@hotmail.com

Abraços e pensamento positivo,
Cadu.

Unknown disse...

ola!apos 10 anos em busca de resposta a dores, sensacao de impotencia, exaustao extrema, ao levantar estava pior do que ao deitar,enxaqueca, tpm sem controle,idas a medicos, e eles simplesmente diziam ser estress,ou que eu procurasse psicologos e psiquiatras,que quando a alma esta doente o corpo padece, tentei tomar varios medicmentos tipo antideprssivos, e nada ajudava,somente efeitos colaterais.
Mas nao desisti, gracas a Deus tenho convenio medico e fui a luta buscando uma resposta, ate que o ultimo neuro a 6 meses constatou fibromialgia, diagnostico feito atraves de sintomas, e pontos dolorosos no corpo,e tambem a o exame de seretonina estando muito baixa.Ate que enfim descobri pelo menos o nome dessa sindrome que incomoda muita gente.A grande maioria das pessoas que estao a minha volta ignoram nem dao atencao, acham realmente, que e frescura de minha parte, aquela cara deformada ao acordar, as dores, a vontade de me isolar, a baixa libido e tudo mais.
entao esse medico neurologista indicou-me o Lyrica.Fiquei assustada com o preco e tambem com os possiveis efeitos colaterais.Mas com fe comprei para esperimentar, aqui o preco gira em torno de de 100 a 120 reais, 28 comprimidos, mas se o custo benefico vale , tudo bem quero ficar se dores.
HOje faz 40 dias que tomo, e a quatro dias resolvi tomar o lyrica 150mg juntamente o amitril 25mg, isto ao deitar tenho dormido bem melhor, nao acordo mais com tanta dor, nao senti nesse tempo enxaqueca, e nao tive a tpm maldita de todos os meses.
Percebi que tomando juntamente os dois medicamentos o resultado foi bem melhor, sinto-me mais leve, aquela pressao em torno de meu corpo quase nao existe,o unico sintoma nos primeiros dias e o sono e tontura, por isso so tomo a noite, durante o dia nao da.
Resolvi escrever um pouco , quem sabe possa ajudar alguem, por favor nao desistam de tentar, tenham fe!

Unknown disse...

Gente, estou tomando Lyrica há um ano, com bons resultados. No início, tomava 2 por dia, ficava meio mole, mas agora tomo somente um por dia.
Não tenho problemas para encontrar o remédio, que custa cercade R$80,00 em farmácias no RJ. É um remédio que só pode ser vendido com receita retida, daí talvez a dificuldadede de alguns.
boa sorte a todos!

Claudete disse...

Meu NOme e Claudete Nem sei o que falar, pois, em quanto fui lendo os comentarios me via em cada um.
Sinto tudo que todos sentem só queria não sentir mais nada ja fiquei muito desesperada percebo que por não existir exame que provem este mal somos poucos acreditados.
Durmo e acordo desta maneira tento levar a vida normalmente mas tem dias que é muito mais dificil.
Sem saber mais a quem procurar.
E o remedio apresentado e muito caro para mim. e isso.....

renata disse...

sofro como todos vcs, quando tenho crises fico um mês internada tomando morfina na veia, nem isso mais resolve, já tomei lyrica vários mêses, pensem bastante antes de comprar, pois é muito caro e pelo menos pra mim, não teve efeito nehum, mesmo que tomar água.Infelizmente a verdade que só melhora é fazendo exercícios físicos, o difícil é conseguir fazê-los, eu comecei andando de bicicleta chorando, sinto dores mais as crises estão vindo só uma vêz por ano.comecem com ioga caminhada e um pedaço de chocolate amargo todo dia, pode ajudar.

Anônimo disse...

Depois de ler esses depoimentos,só fico mais triste pois também sou portadora de fibromialgia.Convivo com dores 24 horas por dia.Infelizmente não tenho condições de comprar lyrica.

Anônimo disse...

Ola queridas amigos e companheiras de sofrimento,depose de softer tres anis com as dotes que toads voces conhecem,e to mar medicaments para art rite sem nuncio ver melhoras, este mess depois de consulter o dc Jose goldemberg,comecei a to mar o medicament carissimo lirica q cuts oitenta reais a caixa,graces a deus vale a pen a poise estou seem cores e dormindo bem o que n acontecia a tres Anos,um abraço a toads as portadoras

Unknown disse...

Faço tratamento há pelo menos quatro anos ,já tentei várias atividades físicas porem algumas não consegui prosseguir devido ás dores, fiz o pilates que pra mim foi o melhor resultado; quanto ao medicamento lirica a minha reumatolista já me havia falado sobre a possibilidade de tracarmos a ciclobenzaprina 5mg associado a amtriptilina 25 pro lirica, mas pra mim não deu pois o custo é alto ; seguirei tomado os medicamentos antigos que já não me aliviam as dores porem me ajuda a dormir; força pra todos ; iolanda

Anônimo disse...

é verdade ana, agente não tem condições de trabalho secular e ainda os peritos do inss, acham que estamos nadando em saúde. eu tentei aposentar mas não consegui. o juiz me disse que eu podia ser telefonista....é mole? sandra

Anônimo disse...

não fiquem desanimados porque a fibromialgia é um problema que temos que aprender a conviver.Procure fazer algo que goste, e se interter com alguma atividade que lhe de prazer. principalmente se for algo espiritual.como ler a bíblia diariamente, e orar a Nosso Deus pedindo forças para suportar as dores e também buscar ajuda médica.Não é fácil, sei disso muito bem, porque tenho fibromialgia a mais ou menos 15 anos, mas tenho lutado a cada dia, tem época que melhora um pouco, outras vezes pioram com as crises, mas luto a cada dia...como Jesus disse cada dia o seu próprio mal.

Anônimo disse...

descobrir hoje q tenho essa doenca estou em estado de choque

Anônimo disse...

não precisa ficar chacada, esta doença milhões de pessoas possuem ela. tente se adaptar e não entrar em panico. com tratamento e força de vontade é possível levar uma vida legal 80 por cento., sandrinha branca

Elaine disse...

Além das dores, também tenho fadiga, depressão, e ninguém acredita no que sinto, isso pra mim é omais triste de tudo, não acreditarem no meu sofrimento,dores na panturilha, nas costas, na cabeça, falta de ar,musculatura da face contraida,dores nos ombros e outras dores....
Queria ser totalmente curada, vivo triste com isso tudo
Elaine Azevedo

ceila disse...

tenho 58 anos e não posso ter o prazer de segurar o meu netinho de 04 meses pois sinto dores horríveis. Agora começou a doer as pernas, o nervo ciático. O problema é que o Lyrica é muito caro e eu realmente não tenho condições de comprá-lo com o salario de aposentada.Só Deus para ter misericordia de nós. bjs a todos

valquiria de lima disse...

Descobri que tenho esta doença a +- 2 anos me sinto a cada dia mais impossibilitada das minhas funções como mulher ,mãe,dona de casa e funcionária da sáude.
Gostária de saber se consigo este rem´dio fornecido pelo governo liryca.

Anônimo disse...

EU SOU PORTADORA DE FIBROMIAGIA E SINTO DORES MUSCULAES FRIOS NAO CONSIGO DORMIR A NOITE SOFREM IGUAL A VOCES COMECEI A USAR O LYRICA MAS CUSTO MUITO CARO PORQUE USO TB. CELEBRA BEIJOS

edmair disse...

ola sou edmair sofro com fibromialgia a 15 anos,ja tome todos remedios,fiz aculpuntura,e auricultura ,alongamentos massagens e nada me doi tudo, nao durmo a noitee nao consigo tomar remedios,agora me receitaram lyrica,vou tentar!!!!

Anônimo disse...

eliane não precisa ficar assim triste, a primeira coisa que deve fazer é aceitar que tem uma doença...mas procure não entrar em pânico, fique calma, faça algo que gosta, assim voçe fica com a mente entertida em alguma coisa agradável.Faça orações pedindo a Deus forças e Leia a bíblia todos os dias. É uma força muito grande.abraços sandrinha

Anônimo disse...

eliane não fique triste assim, procure entender, como primeiro passo que voçê tem uma doença, eu também tenho....aceitar isso é fundamental depois procure fazer algo agradável que goste, ore a Deus e leia palavra de Deus todos os dias...isso será de muita força. abraços sandra,

iolanda Couto disse...

Também sofro com esta doença, e olha que tenho assistência de reumatologista, fisioterapeutas e psicologos. Mas as vezes não tenho forças nem para ir ao hospital fazer a fisioterapia , vivo um dia bem outros sofridos . Porem penso muito em Deus Ouço músicas que me distrai e esp
ero que o dia da crise passe logo. bjs

Anônimo disse...

Vivia na España e la comprava o lyrica por apenas 2,00 euros. Estou tomando já faz 8 meses e nao me fez nenhum efeito.

Anônimo disse...

Será que o laborátorio não poderia fazer um cadastramento para que as pessoas que fazem uso do medicamento tivesse um desconto,para poder tomar o mesmo, já que o preçoa não é acessivel a todas as pessoas. Pense nisso fabricante que com certeza mais pacientes iriam comprar o medicamento.

kzadogostosao disse...

Oi tenho 48 anos sou militar e tenho isso a mais de 5 anos ja retirei 3 hernias de disco e me apareceu mais 2 e nao fico muito tempo sentado e em pe, as vezes tenho que engatinhar pela casa por nao conseguir ficar em pe, e no quartel eles acham que ainda posso trabalhar, tenho 23 anos de serviço na pm e estou afastado a 4 meses, todas as vezes que vou no medico do quartel eles me dam 60dias em casa, mas nao tem coragem de dizer que nao tenho mais condiçoes de trabalhar, nao sei mais o que fazer, ate parece que a aposentadoria sai do bolso deles, sera que eles nao ve que estou ficando pior, ou estao esperando eu ficar sem andar pra me afastarem de vez do serviço?

Anônimo disse...

fernando lute na justiça, pois eu consegui me aposentar depois de uma luta de 1 ano e meio por fibromialgia. entre na justiça que voçe consegue.sandra

nico disse...

eu tambem tenho esta maldita doença desde os 15 anos hoje ja tenho 32 anos mas um dia ela vai embora em nome de jesus!!

Ely disse...

Sou portadora de fibro a 10 anos.10 anos de diagnostico confirmado. Sofri e sofro muito preconceito.Há pessoas que acham que é frescura, pra chamar a atençao de outras pessoas, que sou mimada. Mas na verdade, só sabe o que é dor 24 horas, não ter condiçoes de pentear o próprio cabelo, fazer movimento simples sem sentir dor, é que sabe o que realmente sente.Sem contar com os momentos de prostraçao que não são faceis, ate pra fazer uma pequena leitura me leva ao cansaço fisico e mental.
Além de outros sintomas que atribuimos a sindrome, cm catarata precoce, secura nos olhos, sem salivaçao suficiente, falta de paladar a 5 anos, e uma sindrome chamada SINDROME DO INTESTINO IRRITAVEL (SSI).
Mas vou levando, tomando fluoxetina diariamente, fazendo alongamentos diarios e tomando o LYRICA( que alias me tira o sono de tao caro)
O que lamento na verdade, é a falta de qualificaçao de alguns medicos nao saberem diagnosticar a sindrome, falta despreparo e interesse tbm das autoridades competentes em melhor o serviço medico de uma forma geral.E ainda o INSS não dar uma devida atençao, cm aposentadoria por exemplo.

Anônimo disse...

olha nico...ví sua história, e milhares de pessoas estão passando por isso. Eu sofro já a 12 anos, desde 2001, mas Tenho adquirido forças por meio da minha espiritualidade, que me deixa mais serena e tranquila, principalmente quando vem as crises. O mais interessante é que lutei lutei na justiça e estou aposentando, juiz reconheceu DOENÇA INCAPACITANTE. UM ABRAÇO. SANDRA

Anônimo disse...

tenho a fibro a mais de 20 anos e minhas dores estao piorando doi o corpo inteiro desde a cabeca ate a ponta do pe em qquer parte que tocar doi e a minha memoria tb ta pessima fico na cama o dia inteiro nao tenho vontade de passear e nem conversar o que alivia sao as atividades fisicas que faco de manha na academia a noite as minhas pernas ficam em brasa e alem da dor tenho uma sensacao horrivel de mal estar nas pernas que ja pensei ate em amputar e p melhorar tenho que colocar agua gelada nas pernas p conseguir dormir mesmo no inverno tenho que fazer isto a minha unica razao de viver sao os meus filhos que me dao forcas p conviver com estas dores horriveis que deus ilumine a todos nos com a descoberta de um medicamento para a cura da fibromialgia beijinhos vania

Adriana disse...

Olá pessoal,
já tomei lyrica e não adiantou nada...me trato com antidepressivos e as vezes qdo a dor ataca mesmo eu tomo dolamin flex.

Sandra disse...

Olá,tenho fibromialgia a vários anos, tomei amitriptilina e fluoxetina por muito tempo, remédios que só me ajudavam a dormir um pouco melhor mas não melhoravam a dor nem a rigidez. A cinco anos, fiz cirurgia de três hernias de disco na coluna lombar, entre uma das vértebras foi colocado um tensor porque não existia mais cartilagem, agora apareceu mais uma hernia. Tenho artrose na coluna cervical que associada á fibromialgia me causam muita dor no ombro, pescoço e braco. Sou professora e quase não consigo escrever no quadro, para preparar aulas em slides também é difícil porque dói muito o braço para mexer no computador e além de tudo percebo que esqueço o que ia falar.Tenho ciatalgia frequentemente, o que me deixa travada e impossibilitada para trabalhar.
A seis meses tomo o Lyrica e o Simbalta(caríssimos)e como continuo com dores agora o médico acrescentou o Miosan, estou dormindo melhor, porém apesar de fazer fisioterapia, alongamento e caminhadas continuamete ainda tenho muitas dores nos braços e nas pernas, principalmente quando fico muito em pé. Percebo que as dores pioram quando fico nervosa ou me emociono muito.
Será que com estes problemas eu conseguiria me aposentar?
Abraços a todos que sofrem de dor contíniamente como eu.
Sandra

Anônimo disse...

olha querida sandra, eu também venho lutando com esta doença, mas com certeza voçe consegue se aposentar...o inss não vai te aprovar...mas aí voçe procura um advogado trabalhista e entra na justiça federal. Com certeza de posse dos laudos médicos de seu reumatologista e seu psicólogo e seu psiquiatra, voçe se aposenta na justiça...e o inss não poderá fazer nada. a não ser te pagar a sua aposentadoria e ainda recebe os atrasados dos meses que vai correr na justiça. faça isso, desejo tudo de bom para voçê. sandrinha branca

Unknown disse...

È amigos, sei bem o que é isso, chorei ao ler a matéria, pois me vi nessa situação, meu esposo pagou ontem, R$99,00 por 1 cx com 28 comprimidos de 75mg, pois sinto dores fortes nas pernas, tenho vontade de morrer, mas Deus é Pai, e vem em nosso socorro. Pois se esperarmos do governo, ele só quer nosso pagamento mensal, pois seus péritos não tem coração ou são pagos para recusar o auxílio que temos direito!
Não é atoa que o governo incentiva todos a trabalharem de Carteira assinada, assim engorda mais o bolso dos politico, e nóis que pagamos morremos a mingua!!!
Obrigada a todos por essa matéria!
E vamos movimentar, para vermos se somos reconhecidos e passamos a ter esse medicamento gratuito!

Rosângela Cheffer!

disse...

Bom dia!!!!!!!
Realmente é muito complicado fazer as pessoas entenderem nossa dor, ontem virei piada p/ minha mãe, e meu namorado que já esta comigo ha 6 anos, não podia fazer massagem pq estva cansado!!! Passei o dia na cama e a noite chorando, não sei até quando vou aguentar, pois, tomo rigorosamente os remádios faço exercicios físicos e parece que agora não resolve mais, já não sei mais o que fazer!! Queria ser uma mesa ou qualquer coisa assim sem vida pq a minha vida foi roubada por essa fibro e parece que ela não vai mais me devolver a vida e muito menos a minha felicidade!!!!!! Agora só me resta ter fé para que Deus faço o que for melhor...

Marcos disse...

Boa Noite!!!! Tinha melhorado bastante com o medicamento Lyrica e miosan, mas é um tratamento muito caro e hj não tenho condições de me manter com ele. Comecei a fazer aurículoterapia e até melhorei um pouco , mas as dores continuan exercício não tem resolvido muito. Enfim temos que nos unir e ver se o Governo inclui essa medicação no programa igual aos hipertensos e diabéticos.

paula disse...

Oi, sou Paula e tenho 49. Sou funcionaria publica e sinto dores ha 30 anos, mas o diagnostico so veio agora. sofro dores insuportaveis e ja tomava muita medicação diferente(a mairia meu organismo ja nem respondeia bem). mes passado fui socorrida num hospital onde o médico me passou Oxcontim (q é remedio para cancer)e mais novalgina de 1gm nos intervalos e não resolveu, mas o Lyrica é perfeito e não me causa os desconfortos q o outro trazia (como cabelo caído absudadmente, dor d estomago e ineficiencia)alem de ser muito caro. Agora com o Lyrica nem preciso d reforço nos intervalos e o preço é bem melhor. A propósito vcs podem fazer o cadastro na Pfizer para comprá-lo com desconto de 35%. Pesquisem no google como faz isso e usem q é ótimo e rápido. fica a dica.
Fiquem c Deus

Bruim.rego disse...

Olá!
Sou portadora de fibromialgia e esta é uma doença cronica e eu gostaria de saber por que ela não faz parte da portaria 349/96?
"São dados ao portador de doenças crônicas, conforme Portaria do Ministério da Saúde Nº 349/96, direitos especiais garantidos por lei, que podem ser pleiteados para facilitar a vida desse indivíduo. Entende-se como doença crônica, segundo o Despacho Conjunto Nº 861/99 de 08/10/99 do Ministério da Saúde e pela Portaria Nº 349/96, “...doença de longa duração, com aspectos multidimensionais, com evolução gradual dos sintomas e potencialmente incapacitante, que implica gravidade pelas limitações nas possibilidades de tratamento médico e aceitação pelo doente, cuja situação clínica tem de ser considerada no contexto da vida familiar, escolar e laboral, que se manifeste particularmente afetado...”. "

Fabiola disse...

Ola sou Fabiola, advogada e descobri que tenho fibromialgia em 2003. A epoca fiz tratamento com massoterapia e medicacao antiinflamatorio. Crises como as da epoca nao tive mais, porem quando passo por algum problema, stress atacam as dores, e sao horriveis, as vezes me prejudicam ate profissionalmente. Gostaria de obter maiores informacoes sobre este remedio lyrica, ele tem que ser tomado pra sempre ou somente na crise? se alguem puder compartilhar conhecimento, agradeco desde ja!

Sol disse...

Meu nome é Solange Gusman, fui diagnosticada com fibromialgia na semana passada, depois de uma andança muito desumana por um ano.

Sei lá há quanto tempo devo ter fibro, só sei que assim que meu medico me passou o Lyrica, fui compra-lo e quase tive uma crise de nervos (dai vcs ja viram como eu ia ter dores fibromialgicas) ao saber o preço.

Eu consegui comprar, mas não sem ''descartar'' outras despesas no meu orçamento.

Sinto informar que a Pfizer acabou de tirar a possibilidade de comprarmos o medicamento com os 35% que a pessoa acima colocou...isso me foi informado na Drogaria São Paulo do Lgo da Vila Prudente quinta feira passada...

Bom, estamos no Brasil...

simone disse...

Olá, meu nome é Simone tenho 42 anos e há mito tempo sinto dores no corpo todos, onde com o tempo foram piorando. Descobri esta semana q tenho fibromialgia, e o medico me recomendou tratamento com Fisiatra, mas aqui no Rio é muito difícil. Hoje, graças à Deus tentando ligar para o SASE de Realengo, um anjo de Deus me indicou o Hospital dos Servidores do Estado, aqui no Rj. lá eles tratam num grupo chamado, Grupo de Acolhimento tel. 3231.8800, espero q consigam. Boa sorte para todos nós e q Deus nos dê resignação. Um abraço, imone

Wanda Regina disse...

Alguem ja tomou o Lyrica para as dores provocadas pelo herpes zoster?Qual é o efeito?Vale a pena? Obrigada.

Milene-Historia/Socio-Lavor disse...

ola Suzy, q bom encontrar alguem q possa acrescentar com sua historia,meu nome e Milene, tenho os mesmos problemas, sou professora e reluto em deixar a sala de aula, meu medico me receitou Lyrica,me deu algumas caixas de amostra gratis e estou tentando desconto no laboratorio, estou um pouco receosa, pois temo q o remedio cause dependencia, gostaria muito de manter o tratamento com terapias alternativas, RPG, fisioterapia e acupuntura, voce passou por estes tratamentos?

Praia Grande disse...

Graças a Deus o Lyrica já é comercializado no Brasil. E comprando direto com o fabricante - a Pfizer - fica melhor ainda. É que eles têm um programa de benefícios. É só ligar para o número indicado no final desse artigo, responder algumas perguntas da atendente, dar o CRM do médico, seus documentos, e pronto! Irão indicar em qual farmácia é para irmos efetuar a compra com o desconto. Vale a pena!!!! O desconto é bem razoável!
Para quem precisa do Lyrica, e tem condições de comprar esse benefício é muito importante.
Caso contrário, é preciso entrar na Justiça para conseguir que a prefeitura, ou o Estado ou o SUS comprem o medicamento que é considerado de alto custo.
O negócio é não deixar faltar a medicação para não interromper o tratamento.

Praia Grande disse...

Muita gente toma ou já tomou o Lyrica.
E aqueles que vão começar sempre perguntam qual é o efeito, os efeitos colaterais...
Gente, isso é muito difícil de dizer. Por que? Porque cada organismo age e rege de uma forma. Ninguém é igual a ninguém.
Se seu médico indicou, supomos que você tenha dito a ele todos seus problemas com alguma espécie de medicamento. Só assim o médico tem condições de indicar esse ou aquele medicamento. E quanto ao efeito, bom... para mim foi muito bom. Deixei de ter dores de cabeça e meu sono melhorou muito.
Porém, existem pessoas que chegam ao nosso conhecimento que tiveram que interromper o tratamento com o Lyrica. Isso porque tiveram reações desagradáveis diversas.
Portanto, não é possível prever qual é o efeito que você irá sentir ou não... É preciso tentar!

Tratamento para fibromialgia é isso.
Demora um pouco até que o médico acerte todos os medicamentos que você precisa.
Tenha calma, isso vai acontecer.

Praia Grande disse...

Olá Solange!
Quem te responde é a Sandra Santos, uma das fundadoras da ABRAFIBRO.
Li seu comentário e de imediato liguei na Pfizer para confirmar sua denúncia.
Felizmente a Pfizer, na figura da atendente Tatiane, desmentiu a informação dada pela Drogaria São Paulo.
Mas tem o seguinte: Você precisa ligar na Pfizer, no telefone indicado acima, e aderir ao Programa de Benefícios Pfizer para obter o desconto.
O desconto continua sendo de 35% SIM!
Portanto, na sua próxima compra... ligue antes para a Pfizer, ok?
Abraços não muito apertados porque dói, né?!
E se precisar estamos à disposição!

Praia Grande disse...

Olá Wanda,

Aqui tratamos de assuntos somente voltados a pacientes com Fibromialgia. Seu médico, ou talvez em algum blog que trate ou comente sobre a Herpes Zoster.
Boa Sorte!
Saúde,

Sandra Santos

Praia Grande disse...

Olá Fabíola,

O tratamento da Fibro é para toda vida, assim como para diabetes, pressão alta, etc...
Seu médico pode lhe orientar nesse sentido.

Saúde,
Abraços,

Sandra Santos

Praia Grande disse...

Olá Bruim.rego,

Obrigada pela informação.
Vamos verificar essa possibilidade, e porque a fibromialgia ainda não foi incluída.
Tão logo tenhamos notícias, entraremos em contato.
Abraços,

Sandra Santos

Praia Grande disse...

Ólá Paula,

Sim, realmente com a comercialização e com o programa de descontos da Pfizer, fica muito mais fácil fazer o tratamento com o Lyrica.
Já está em nossa postagem o número do telefone para onde é preciso ligar para se integrar ao Programa de Benefícios Pfizer.
Mas de qualquer forma, nosso Muito Obrigado!

Abraços,

Sandra Santos

Anônimo disse...

Olá, meu nome é cecilia e tenho 31 anos tem mais de 1 ano que estou na luta para descobrir que dores no corpo tanto me afetavam, tomei remédios depressivos e nada adiantou tem 03 dias que foi diagnosticado a fibro, e me vejo na mesma situação de vocês. Trabalhando com muita dor, vou começar a praticar exercicios e espero que melhore porque esta difícil. Sinto qe as pessoas não acreditam no quanto são fortes as dores. Acho que apanhei muito porque me sinto quebrada de tanta dor. Tento ser forte, enfrentar não desistir e trabalhar, mas só Deus sabe o quanto dói.

Praia Grande disse...

Olá Simone,

Obrigada pela dica.
Vamos repassá-la aos pacientes moradores do Rio de Janeiro.
É sempre bom sabermos de outros locais para tratamento da fibromialgia.
Parabéns também por compartilhar essa informação.
Abraços,
Sandra Santos

anna flavia disse...

sou fibromialgica a 15 anos , como fazer pra entrar nesse associaçao?

Praia Grande disse...

Ola Anna Flavia!
Sou uma das responsáveis pela ABRAFIBRO.
Para entrar na Associação, eu peço que vc leia primeiro nossa postagem ABRAFIBRO Associação Brasileira dos Fibromiálgicos
de May 22, 2012, que você encontra à sua direita na lista de últimas postagens. Ok?! Te esperamos por lá!
Bjsss e Fé e Força para seguir adiante!

Cássio disse...

Sofro com este mal já há 3 anos. Tenho um armário na minha casa cheio de exames de sangue, imagem, biopsias e nenhum simplesmente não detectou nada.
Sinto muito fraco e sem energia, com dores o dia inteiro, 24hs por dia sem nem um minuto de trégua. Hoje tenho 20 anos, e digo que minha vida está completamente atrasada por causa desta maldição. Não consigo trabalhar e nem fazer minha faculdade, que tanto sonhei em fazer. Sou completamente frustrado em meus relacionamentos,perdi uma garota que eu amava por causa disso, foram 5 anos de relacionamento. Já pensei diversas vezes em me matar, devido a desconfiança que sofro e a falta de crédito. Mas sei, que algum dia deus irá olhar por todos nós, e a medicina trará de volta a nossa felicidade e bem estar!

Anônimo disse...

Oi meu nome é Noeme ,após uma histerectomia,comecei a sentir dores horriveis ,voltando ao trabalho fui leviamente maltratada pelo marido da minha irma q estava chefe interino e a partir daí as dores só aumentavam ... nao sei o q é dormir sem dor ,o pior é q ninguem acredita q eu sinto tantas dores ,só sei q a partir q eu fui afastada do trabalho to cada dia pior .. eu nao sei o q fazer .. nao tenho forças pra nada....

Lia Kel disse...

Fui diagnosticada a pouco tempo, chego a ter dores incapacitantes a ponto de pensar em tomar uma cartela inteira de tramadol. É muito ruim de fato, o apoio da família é muito importante, no inicio meu marido não conversava comigo sobre isso achando que se não falasse eu não ficaria pensando nisso, passei um depoimento por video pra ele, desses que tem no youtube, ficamos a noite inteira acordados debatendo sobre o assunto, desde então sinto-me mais aliviada, as dores continuam mas o apoio emocional de quem ta junto é se sumária importância. Hoje estou iniciando o tratamento com o Lyrica, me cadastrei por tel no laboratório e aqui em Brasília saiu com o desconto por R$ 62 reais a caixa, boa sorte a todos e não percamos a fé!

Anônimo disse...

oi meu nome é anabela descobri que tenho essa doença à menos de um ano ,jà tomei vários medicamentos agora esto a tomar lyrica 150 mas engorda muito mesmo fazendo atenção e é muito caro uma embalagem para 3 meses sao 390 fr aqui na suíça quando for a Portugal vou ver os preços,mas esse medicamento ajuda bastante nas dores .Quando tenho momentos de mais dores faço um banho bem quente e fico là durante um bocado,ando bastante a pé e faço fisioterapia,é verdade k as dores nao sao nada fáceis e as pessoas nao compreendem no travalho fui agora despedida por nao conseguir aguentar fazer tantas horas e estou triste fui posta de parte como lixo que nao sirvo.

Anônimo disse...

sou,Regina,ja tenho comprovado o diagnostico de fibrimialgia,sendo que não existe exame,ainda que comprovam essa doença,só mesmo exame crinico feito pelo proprio especialista,que é o reumatologista,já então faço o uso do liryca,entrei com pedido judicial para recebimento do medicamento,não demorou muitos dias não, logo estava com o medicamento em mãos,tem que fazer muitas coisas, e ter muita pasciencia,mais é com ela que voce chega aos seus objetivos,e para mim valeu apena,a unica,coisa,foi que ao começar tomar o liryca,ele tira muita a dor mais também me engordo bastante,estava com 57 kilos ao iniciar,hoje estou com 65 kilos,é dificil,mais na hora da dor voce não quer caber disso,voce quer é se ver curada;

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Praia Grande disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Praia Grande disse...

Se eles conheciam sua doença e ainda assim a demitiram sem antes remanejá-la para outra tarefa, cabe uma ação judicial no tribunal regional do trabalho. Caracterizou-se uma discriminação pelo fato de estar doente, além de desampará-la no momento em que vc mais precisava. Pense nisso, e se for o caso procure um advogado especializado em questões trabalhistas. Boa Sorte!

Praia Grande disse...

Entre em nosso grupo "Fibromialgia Associação" o link está no início da pagina. Lá você poderá compartilhar suas histórias, aprender mais, informar-se melhor, além de aprender mais com as experiências dos nossos amigos e amigas de fibra.
É uma ótima experiência Noeme!
Te esperamos por lá, ok?!

Praia Grande disse...

Cássio, Entre em nosso grupo "Fibromialgia Associação" o link está no início da pagina. Lá você poderá compartilhar suas histórias, aprender mais, informar-se melhor, além de aprender mais com as experiências dos nossos amigos e amigas de fibra.
É uma ótima experiência Noeme!
Te esperamos por lá, ok?!

Praia Grande disse...

Entre em nosso grupo "Fibromialgia Associação" o link está no início da pagina. Lá você poderá compartilhar suas histórias, aprender mais, informar-se melhor, além de aprender mais com as experiências dos nossos amigos e amigas de fibra.
É uma ótima experiência Noeme!
Te esperamos por lá, ok?!

Anônimo disse...

Olá, tb tenho fibromialgia. tive que parar de trabalhar por causa das fortes dores, fiquei muito depressiva no inicio... mas agora me acostumei com a idéia, já tomo o lyrica faz 9 meses e fiquei satidfeita, melhoraram as dores, melhorou meu sono, melhorou meu humor, não 100%, mas melhorou. comprava ele na farmácia popular po 62,00 com 28 comp. me cadastrei no laboratório Pfizer e fui comprar mes passado ficava com o desconto 68,00. me informaram na farmacia que o desconto é no valor maximo do medicamento, mas segundo eles, conforme vai comprando vai aumentando o desconto. espero ter ajudado
Tati

Anônimo disse...

Pessoal, sou portadora dessa doença e já fiz vários tratamentos
para parar essa terrivel dor. Por ultimo, o meu médico receitou o Lyrica 75mg. Além de ser muito caro,gostaria de saber se esse medicamente engorda. Gostaria tambem de saber qual o numero do laboratorio que devo ligar para adquirir descontos.

Abraços,

Renata Santos

Praia Grande disse...

O nr. vc encontra na própria caixa do medicamento.
O desconto é mto bom!
Vc também pode ler nossa matéria sobre Medicamentos de Alto Custo, e consegui-lo gratuitamente.
Boa Sorte!

Unknown disse...

Olá, fui diagnostica com fibromialgia há 10 anos, na época eu tinha 23 anos. Desde então tenho uma rotina árdua com médicos, fico "pulando" de médico em médico pra ver se alguém consegue me dar uma ajuda efetiva. Faço tratamento com psiquiatra há 5 anos, acho que já tomei todos os antidepressivos possíveis, mas todos parecem que "deixam de fazer efeito" depois de um tempo além de não melhorar a dor. Os únicos antidepressivos que utilizei e realmente melhoraram minhas dores foram a Amitriptilina(8 comprimidos por dia de 25mg cada) e a Venlafaxina(300mg por dia) mas ambas tiveram que ser retiras devido a excessiva sonolência e transtornos intestinais. Meu psiquiatra me disse que a única solução é a ECT (eletroconvulsoterapia) pois nenhum antidepressivo funciona mais comigo, ele me trata como depressiva de estágio grave. Sinceramente não sei mais o que fazer da minha vida pois vivo cansada 24 horas por dia mesmo não fazendo nada e dormido "bem", me sinto totalmente sem energia, sem perspectiva de vida, até hoje não consegui fazer faculdade porque se trabalho durante o dia e estudo a noite não consigo dormir de tanta dor. Este ano tive mais de 20 faltas e várias licenças médicas no trabalho devido ao meu estado emocional que ao meu ver é o mais prejudicado com essa doença. Gostaria de saber se tenho depressão devido a fibromialgia ou tenho fibromialgia devido a depressão? Devo continuar com o tratamento da depressão ou devo fazer um específico para fibromialgia? já fiz tratamento com reumatologista e ela me receitou ciclobenzaprina que diminuiu bastante as dores, também fiz fisioterapia mas não adiantou nada.
Abraços

Anônimo disse...

Meu nome é Eliz tenho 37 anos e há quase três anos sofro desse mal terrível q é a fibromialgia ( já disse pra o médico q essa doença é um câncer disfarçado). Não suporto tanta discriminação,são os médicos, peritos do INSS q pensam q vc tá ali pedindo ESMOLA, quando realmnte tá crônica, nós q temos a doença, somos predispostos a ter outras piores, inclusive a depressão.em casa, são os filhos, o marido (às vezes faz de conta que acredita q sentimos dor) na realidade agem igual um animal, não tem sentimentos, amor ao proximo. Sofro demais, perdi a conta de tantos remédios q tomei, e esse tal de Liryca é o fuim de caro, não posso comprar direto, senão fico sem comer. E o governo, o q faz com a gente: Quer q morramos, se vamos pra pericia, gritam conosco feito bichos, é uma HUMILHAÇÂO, então cortam e mandam procurar recurso e aí ficamos sem receber 1 centavo. MEU DEUS VENHO AQUI APELAR POR TODOS OS PORTADORES DE FIBROMIALGIA Q SEJAM TRATADOS HUMANAMENTE E QUE O INSS TENHA CONSCIÊNCIA ( E ELES TEM) SÓ Q SE FAZEM DE DESENTENDIDOS. Já engordei, emagreci, não durmo, não como, tentei suicídio VARIAS vezes, e continuo de medico em medico, remédio e + remédio. O tal do RIVOTRIL q os psiquiatra passa como relaxante muscular é uma DROGA QUE VICIA ( PELO AMOR DE DEUS QUEM NUNCA TOMOU, NÃO TOMEM SE O MEDICO PASSAR, POIS VICIA IGUAL COCAINA, CRACK, SEI LÁ). Se vc passa uma noite sem tomar e tenta dormir, vc ate dorme mas o cérebro acorda vc q pensa q vai enlouquecer de tanta dor de cabeça e so passa quando vc engole o infeliz do rivotril. QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA DE NÓS. Eu não quero passar a vida sentindo dor e sendo rotulada como uma doente psiquiátrica, pq eles não vêem a dor e dizem q estamos LOUCOS. então peço SOCORRRRRRROOOOOOOOOOO. ALGUÉM NOS AJUDE!!!!!!!!!!!!!!
A TODOS OS PORTADORES DESSA MALDITA FIBRO, QUE DEUS NOS AJUDE A SUPORTAR ESSA DOR, QUE NAO DESEJO A NINGUÉM...

Anônimo disse...

olá o meu nome é paula e sofro de depressão faz 20 anos, tentei me suicidar há uns dias, obvio não funciou mas levei uma lavagem ao estomago. tenho algiuns ataques de raiva e muitas mudanças de humor e agora o meu psiquitra receitou este medicamento...mas tomo também paroxetina e diazepam.. alertou-me quando falou nisso, pode me explicar o que correu mal?
fiquei preocupada..obrigada

Ana Caroline disse...

olá descobri a 2 dias que tenho fibromialgia e estou com medo, meu medico me indicou a lyrica para tomar fui na farmacia comprar e quase tive um troço quando ele me disse o preço 86,00 reais por uma caixa com 28 comprimidos não tenho condições para comprar pois estou desde novembro do ano passado sem receber a minha consulta na pericia é agora dia 21/03/2013 e pelos relatos estou com medo de não receber esses meses que fiquei sem receber será que tem um jeito de conseguir esse remedio de graça por favor se alguem puder me ajudar
Ana caroline

Anônimo disse...

recebi hoje o pregabalina estou esperançosa para ver o efeito já não suporto
mais tanta dor.....

Anônimo disse...

Olá meu nome é Kelly tenho 27 anos, descobri que tenho fibromialgia a 7 anos mas tenho essa dor desde minha adolecencia, ja tentei tratar com varios medicamentos codeina, celebra e ate morfina(por 6 meses), como eu estava viciada o medico sustendeu. Ja passei por varios medicos especialista em reumatologista exames ja fiz um monte.... ate neurologicos. Hoje procurei uma nova medica especialista em reumo, ela receitou me esse medicamento LYRICA realmente é muito caro consegui comprar por 79,00 em Curitiba/PR mesmo assim muito caro vou testa lo a partir de hj e que deus nos abencoe e muito porque essa dor parece que vai nos matando aos poucos. e esse frio daqui entaooo é dificil mas Bola para frente.... Fiquem com deus,, e melhoras a todos.

Unknown disse...

Colega, não so mulher! na verdade é uma doença que atinge mais as mulheres, mais tambem homem! eu tenho à tres anos e soufro muito! é uma coisa meia sem esplicações, tem dia que não estou aguentando de dores.

Anônimo disse...

Olá, me chamo Ana Paula e anos corri de especialista em especialista quando em 2003(+ ou -) fui diagnósticada na Clínica da Dor da PUCRS portadora de Fibromialgia. Mas como todos que descobrem que tem este diagnóstico, vem um alívio pois finalmente alguém te diz, e finalmente explica o que você tem, porém por outro lado, pelo que vejo ainda nos comentários ao longo dos anos, ainda há muito preconceito em relação a ela dentro da classe médica. Bem mas não foi por isso que resolvi colocar o meu testemunho. Eu gostaria de dizer a todos que há "luz no fim do túnel". Em 2008/2009 quando estava partindo para infiltrações de anestésico direto nos músculos, indicado por um fisiatra, após tomar amitriptilina, Lyrica, Miosan, etc, me lancei um desafio - voltar para uma academia e começar um programa gradual de exercícios, incluindo Ioga. A partir dai comecei a melhorar. Comecei também um tratamento complementar com florais e Reiki. Faço até hoje o acompanhamento com florais e a única medicação que uso ainda é o Miosan para dormir. Achei importante fazer este relato, pois como desde a época que procurei auxílio e orientação neste site, vejo que ainda há muitas pessoas passando por isso tudo. Espero poder ter servido de fonte de esperança a pessoas que sofrem como eu sofri. Hoje tenho ainda um pouco de dor, mas nada relativo há anos atrás. Abraços e desejos de força e fé a todos.

Anônimo disse...

Meu nome deveria ser Maria das Dores. Pena mesmo que o sistema público de saúde não reconheça a importância de nos permitir uma vida normal, com o fornecimento da medicação indicada pelos especialistas. Menos pessoas teriam que receber benefícios e aposentadorias antecipadas. Que política de saúde é essa? É a saúde da política que interessa? Ou das pessoas que fazem com que o país tenha mais riquezas? Olha, sofrer dor, não ter acesso a esses remédios caros, chega a ser pior pelo descaso, pela falta de compreensão de uma sociedade que nos denomina de "pessoas com frescuras"; está com dor? com depressão? vai trabalhar que melhora. Quem aqui já não escutou isso? Atualmente, aos 60 anos, vivo??? com uma aposentadoria que providenciei antecipada para não aposentar por incapacidade e trabalho para ganhar um mísero salário, com o que ainda consigo fazer. Professora universitária, com títulos e tudo mais ... mãe, avó e solitária ... a maioria dos homens não suporta viver ao lado de um mulher doente, de uma maria das dores. Meu ex marido disse a uma amiga: ah neim, ela vivia com dores!!! Pois é, e eu nunca tive empregadas, luxos, mas trabalhava em uma grande empresa, em cargos de confiança, estudava, viajava, sou mãe, avó ... e mulher ... e então?!

Tânia disse...

Sei bem o que estão passando...
Nem vou contar tudo aqui porque daria um livro e ficariam cansadas mais ainda.
Mas Deus colocou na natureza TUDO o que nosso corpo precisa.
Tomei um vez os òleos de Copaíba e Andiroba.
Parece mesmo um milagre.
Neste site vcs verão como estes óleos atuam (aprovados pela USP -SAO PAULO) e quantos testemunhos de cura não só de Fibro mas de várias enfermidades...
No começo também tomei desconfiada que era uma Panacéia. Mas depois de um mês já estava cuidando da casa de novo e com prazer!
Confiem em Deus! Tomem Magnésio e pesquisem outros suplementos e tomem os óleos.

http://matavivaengenharia.blogspot.com/2015/09/fibromialgia-tendinite-bursite-e-os.html

Deus abençoe e cure a todos!
Tânia