Seja Bem Vindo ao Universo do Fibromiálgico

A Abrafibro - Assoc Bras dos Fibromiálgicos traz para você, seus familiares, amigos, simpatizantes e estudantes uma vasta lista de assuntos, todos voltados à Fibromialgia e aos Fibromiálgicos.
A educação sobre a Fibromialgia é parte integrante do tratamento multidisciplinar e interdisciplinar ao paciente. Mas deve se estender aos familiares e amigos.
Conhecendo e desmistificando a Fibromialgia, todos deixarão de lado preconceitos, conceitos errôneos, para darem lugar a ações mais assertivas em diversos aspectos, como:
tratamento, mudança de hábitos, a compreensão de seu próprio corpo. Isso permitirá o gerenciamento dos sintomas, para que não se tornem de difícil do controle.
A Fibromialgia é uma síndrome, é real e uma incógnita para a medicina.
Pelo complexo fato de ser uma síndrome, que engloba uma série de sintomas e outras doenças - comorbidades - dificulta e muito os estudos e o próprio avanço das pesquisas.
Porém, cientistas do mundo inteiro se dedicam ao seu estudo, para melhorar a qualidade de vida daqueles por ela atingidos.
Existem diversos níveis de comprometimento dentro da própria doença. Alguns pacientes são mais refratários que outros, ou seja, seu organismo não reage da mesma forma que a maioria aos tratamentos convencionais.
Sim, atualmente compreendem que a síndrome é "na cabeça", e não "da cabeça". Esta conclusão foi detalhada em exames de imagens, Ressonância Magnética Funcional, que é capaz de mostrar as zonas ativadas do cérebro do paciente fibromiálgico quando estimulado à dor. É muito maior o campo ativado, em comparação ao mesmo estímulo dado a um paciente que não é fibromiálgico. Seu campo é muito menor.
Assim, o estímulo dispara zonas muito maiores no cérebro, é capaz de gerar sensações ainda mais potencialmente dolorosas, entre outros sintomas (vide imagem no alto da página).
Por que isso acontece? Como isso acontece? Como definir a causa? Como interromper este efeito? Como lidar com estes estranhos sintomas? Por que na tenra infância ou adolescência isso pode acontecer? Por que a grande maioria dos fibromiálgicos são mulheres? Por que só uma minoria de homens desenvolvem a síndrome?
Estas e tantas outras questões ainda não possuem respostas. Os tratamentos atuais englobam antidepressivos, potentes analgésicos, fisioterapia, psicoterapia, psiquiatria, e essencialmente (exceto com proibição por ordem médica) a Atividade Física.
Esta é a parte que têm menor adesão pelos pacientes.
É dolorosa no início, é desconfortante, é preciso muito empenho, é preciso acreditar que a fase aguda da dor vai passar, trazendo alívio. Todo paciente precisa de orientação médica e/ou do profissional, que no caso é o Educador Físico. Eles poderão determinar tempo de atividade diária, o que melhor se adequa a sua condição, corrige erros comuns durante a atividade, e não deixar que o paciente force além de seu próprio limite... Tudo é comandado de forma progressiva. Mas é preciso empenho, determinação e adesão.
Você pode seguir nossos outros canais de notícias.
Escolha:
Aqui, você pode cadastrar seu e-mail, logo abaixo, na coluna à sua direita.
Ou escolher entre:
WhatsApp
Telegram

Notícias sobre Fibromialgia e Saúde.
Não são grupos interativos.

Discutimos ações em parcerias com pacientes e parlamentares, na busca por políticas públicas que dignifiquem e tragam à tona assuntos e benefícios importantes para nossa qualidade de vida.

TRADUTOR

Siga-nos por e-mail

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Desta vez foi ÁGUAS LINDAS/GO

 

 




A paciente MARIA DO SOCORRO DA SILVA veio até a ABRAFIBRO, para saber como poderíamos ajudá-la a conquistar mudanças em seu município.
Eis o resultado!
Ela conversou com o Exmo Vereador André Cavalcanti ( https://instagram.com/andrecavalcanteoficial) que, compreendeu a necessidade e abraçou a nossa importante causa.
Agradecemos por ter nos citado em sua justificativa para a Proposição do Projeto de Lei nr 004/2021, protocolado no último dia 24 pela Câmara Municipal.
Aproveitamos para pedir a todos os seus pares na Câmara, que percebam e aprovem com urgência o referido PL.
Os Fibromiálgicos não são vistos, pouco conhecidos, ignorados ou duvidosos para alguns. Mas, existimos!
Existe um Código Internacional de Doenças - CID versão 10 - para nossa Síndrome - que é M79.7.
Porém, somos invisíveis.
Este benefício minimizará um pouco do tamanho esforço que muitos fazem para manter sua rotina, suas obrigações, sua vida com alguma qualidade.
Esperamos que este seja o primeiro de muitos passos rumo a dignidade e respeito.
Ao Exmo Dr. Prefeito Lucas Antonietti (Dr Lucas da Santa Mônica - https://instagram.com/doutorlucasprefeito ) aproveitamos para pedir a Sanção e a publicação do Decreto Legislativo para condução dos trabalhos de expedição de documento, para Identificação dos beneficiados.


A todos os envolvidos, antecipadamente, nosso muito obrigado!

Importante Ler!

 

🔴 IMPORTANTE LER 🔴


Novas recomendações do Centro de Controle de Doenças dos EUA sugere que máscaras cirúrgicas moldadas no rosto, que estejam mais aderidas a face aumentam significativamente a eficiência desse modelo. Para tal, sugerem que as máscaras cirúrgicas recebam um nó nas laterais. 


Eles também sugerem fazer o "double mask" usando uma máscara de tecido sobre uma máscara cirúrgica, chegando assim a uma eficiência próxima da N95.


Essas são duas sugestões para enfrentarmos as novas variantes preocupantes do coronavírus.


E ao descartar a máscara lembre-se: Corte os elásticos! Os bichos não correrão riscos desnecessários.


O que achou? Vai aderir? Será que a Anvisa vai sugerir alguma nova orientação como eles fizeram?


Encontre essas informações no link 

https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/your-health/effective-masks.html


Compartilhe esta postagem com o maior número de pessoas! ❤


●●●●●●●●●●●●●●●●

#coronavírus

#sarscov2 #responsabilidadesocial #saude #proteçaocontraocorona #pacientes #enfermidades #fibromialgia #fibromialgicos #homenscomfibromialgia #blogueirosdasaude #dorcronica #fadigacronica #secuida #vida #acaosocial

#responsabilidade

Responsabilidade Social!


 🚩RESPONSABILIDADE SOCIAL 🚩


Você sabe o que é isso? 


"A responsabilidade social é quando empresas, de forma voluntária, adotam posturas, comportamentos e ações que promovam o bem-estar dos seus públicos interno e externo. É uma prática voluntária pois não deve ser confundida, exclusivamente, por ações compulsórias impostas pelo governo ou por quaisquer incentivos externos ..."

Texto extraído de:http://www.responsabilidadesocial.com/o-que-e-responsabilidade-social/ 


O que queremos dizer com isso?

O que tem a ver com Covid 19? 


Simples... é de nossa responsabilidade social informar e conscientizar sobre essa pandemia de Covid 19. 


Muitas pessoas são assintomáticos, alguns evoluem para sintomas leves, mas são muitos os casos graves ou gravíssimos entre jovens sem comorbidades! 


Não deixe que aconteça com você ou à sua família. Adote os protocolos: 

✋🤚higienizar as mãos,

😷usar máscaras e descartá-las no momento e de maneira correta,

🧍‍♀️ 🧍isolamento e distanciamento social! 


Quem adquire o vírus tem um alto custo com medicações e reabilitação posteriormente, SE sobreviver!


Temos certeza de que sua atitude responsável pode ajudar a salvar vidas! 


TODOS PELA VIDA!❤️


#responsabilidadesocial #abrafibro #covid19 #pandemia #coronavirus #cuidarse #saude #valorizaravida

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

EXERCÍCIOS FÍSICOS: Dói? Por quê?

 Mais dicas importantes da Profa. Dra. Andreia Salvador -   Fisioterapeuta, Profissional Voluntária na ABRAFIBRO - @dancafibromialgia (Instagram)

Dúvidas ou comentários?

Deixe abaixo!


A gente precisa saber se a mensagem foi compreendida. Ok?😉


Até mais...👋🏻




 















Medo da dor ao praticar exercícios físicos - CINESIOFOBIA


CINESIOFOBIA é o medo excessivo de realizar qualquer movimento. O medo é uma reação de proteção no nosso organismo, mas quando esse sistema protetor se torna excessivo entramos nesse ciclo da dor, que gera a dificuldade de realizar atividades, ansiedade e até mesmo sintomas de depressão. 

Para quebrar esse ciclo, o movimento gradual e educativo é a solução 🧡. 🚶🏽🏊🏼‍♀️

Seja avaliado por profissionais com experiência no tratamento da dor crônica!

Conteúdo criado pela Dra. Marcella de Carlo - Fisiatra e Profissional Voluntária na ABRAFIBRO

Dúvidas?
Gostou do artigo?
Comente!

Até a próxima...👋🏻


sábado, 20 de fevereiro de 2021

FIBROMIALGIA: POR QUE SINTO TANTA DOR?


O PRIMEIRO PASSO PARA CONTROLAR AS DORES É ENTENDER POR QUE ELAS ACONTECEM.

Hoje vamos iniciar uma série em nosso canal no YouTube, para te contar tudo o que você precisa saber sobre a Fibromialgia, e assim te ajudar a ter uma vida com mais qualidade.

O conhecimento é a arma mais poderosa que existe e, entender o que acontece com o seu corpo irá te trazer mais leveza, acredite💜, além de ajudar a lidar melhor com os sintomas. 

Vamos começar nossa série entendendo O QUE É A FIBROMIALGIA? 
É uma síndrome neurológica caracterizada por: dor generalizada, fadiga, alterações no sono, alterações do humor, e ALTERAÇÃO NA FORMA COMO A DOR É PROCESSADA E INTERPRETADA NO ORGANISMO.

Vamos entender melhor isso?

Depois deixe o seu comentário para nós⬇️: conte-nos se você sabia dessas informações importantes.

🔸Você ficou com alguma dúvida sobre essa parte?🔸

E fique de olho👀, semana que vem mais um post da nossa série sobre Fibromialgia 😍💜.


Série de autoria da Profissional Voluntária Dra. Marcella de Carlo - Médica Fisiatra - @dra.marcelladecarlo (Instagram)

Bora assistir...

Não deixe de "Curtir" 👍🏻

Se inscrever em nosso canal para receber notificações de nossas próximas publicações.

Ah, e aqui no site também. Na página inicial vc encontrará um campo para Cadastral seu email...

Chega de blablablá

https://youtu.be/8wJ5qHOMK0Y



Alongamento ou Aquecimento?🤔

😏Voce sabe a diferença de Aquecimento e Alongamento?

🤭Sabe quando usar um ou outro?

🥰Vem que vou te ensinar!

@dancafibromialgia 👩‍⚕️(Instagram)
Com a Profissional Voluntária Dra Profa Andréia Salvador  - Fisioterapeuta e Bailarina.

 

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Você, amigo, perguntou e a Abrafibro responde!

 

 


Essa síndrome gera muitas dúvidas.... 

A Sandra perguntou o que queríamos saber sobre Fibromialgia e a nossa amiga Bruna Azevedo perguntou:

"A fibromialgia afeta de alguma forma a concentração da pessoa? Eu tenho um pouco de problema com falta de concentração, ainda mais pela manhã quando acordo dolorida. "

 

A resposta é de autoria da Dra. Marcella De C Barcelos Teixeira  - Médica Fisiatra. Contato: https://instagram.com/dra.marcelladecarlo 

 
FIBROFOG é um termo utilizado para descrever a dificuldade que os pacientes relatam em se concentrar para fazer alguma atividade e manter a atenção, além da dificuldade em reter informações, o que acaba levando aos problemas de memória.

Principais queixas relatadas pelos pacientes:
-Esquecimento e problemas ao lembrar de novas informações.
-Capacidade reduzida de pensar de forma rápida e eficiente, especialmente em ambientes que distraem.
-Dificuldade em se concentrar ou em alerta.
-Dificuldade em manter a conversa ou a capacidade de acessar informações de idioma armazenadas de maneira rápida e eficiente.

A maioria dos estudos mostram que isso acontece pois as dores ocupariam o cérebro de tal forma que ele deixa de executar as funções adequadamente: como se o cérebro todo o cérebro estivesse voltado para “resolver” as questões relacionadas a dor, então eu preciso estimular o meu cérebro para que ele retome o seu “funcionamento normal”. 

 

 

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Você, amigo, perguntou e a Abrafibro responde!

 

 Resultado de imagem para dúvidas sobre fibromialgia

Recentemente, a nossa Presidente Sandra Santos perguntou aos membros de nosso grupo quais suas dúvidas sobre Fibromialgia. E recebemos os seguintes questionamentos de nossas amigas:

Janete Aparecida: Cavalari: perguntou sobre o tratamento para a fibromialgia

Susan Markes: Por que o Reumatologista do SUS não nos acompanha, assim atende uma consulta e sai alta?

 A Dra Laís Kozminski, Vice Diretora Científica da Abrafibo, explica um pouco no texto a seguir.

Por que o reumatologista do SUS não nos acompanha ? 

 
Na grande maioria dos Estados brasileiros, o acesso ao SUS normalmente se dá por consulta ao clínico geral e, dependendo dos sintomas, é o clínico quem faz o encaminhamento ao reumatologista. Embora este acesso ao especialista, pelo SUS, algumas vezes seja um pouco demorado, é importante a avaliação, principalmente para descartar outras condições reumatológicas que possam simular a Fibromialgia, visto que, seu diagnostico é unicamente clinico, não existindo exames que comprovem a doença. Porém, uma vez corretamente diagnosticada e estabelecido o tratamento medicamentoso inicial, o acompanhamento do paciente deve ser feito de forma interdisciplinar, baseando-se em três pilares: Prática de Exercícios Físicos, Terapia Cognitiva Comportamental e  tratamento farmacológico, que pode ser acompanhado pelo clinico geral, não sendo obrigatório o acompanhamento do reumatologista, contrariamente à outras doenças reumatológicas.

Qual é o tratamento para a Fibromialgia?

O desafio da compreensão da fibromialgia, reflete-se também na elaboração de um plano de tratamento eficaz, que pode ser diferente em função das peculiaridades de cada paciente. Os tratamentos interdisciplinares caracterizam-se pela associação de, ao menos, duas abordagens terapêuticas complementares e recorrem a diferentes estratégias para influenciar a percepção da dor, como: exercício fisico, relaxamento, psicoterapia, alimentação, tratamento farmacológico...  Embora estas abordagens apresentem limitações em relação à adesão do paciente, os resultados satisfatórios à longo prazo comprovam a  sua necessidade.

 

Autora: Dra Laís Kozminski - Biomédica e Médica licenciada na França. 

 

Referencias: 


Wolfe F. New American College of Rheumatology criteria for fibromyalgia: a twenty-year journey. Arthritis Care Res (Hoboken). 2010 May;62(5):583-4. doi: 10.1002/acr.20156. PMID: 20461781

 Posso IR, Grossmann E, Fonseca PR. Tratado de Dor: publicação da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor. Rio de Janeiro: Atheneu; 2017.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Pessoas com doenças crônicas graves devem apresentar laudo para serem vacinadas no DF

 VACINA covishield astrazeneca

 


Segundo GDF, pacientes de hemodiálise, de fibromialgia e portadores de neoplasia maligna também estão incluídas nas próximas fases da vacina

atualizado 08/02/2021 21:36

 Além de ganharem o direito de prioridade em comércio, bancos e serviços públicos (veja abaixo), após a sanção de lei pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), os pacientes de hemodiálise, pessoas com fibromialgia e as portadoras de neoplasia maligna também serão incluídas nos grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19 no Distrito Federal.

Uma vez que essas enfermidades são conhecidas como doenças não aparentes, o paciente deverá comprovar o diagnóstico por meio de um laudo assinado por médico com registro ativo no Conselho Regional de Medicina (CRM-DF).

De acordo com a Secretaria de Saúde, esses pacientes serão incluídos no grupo prioritário de vacinação, na fase de imunização ao grupo de comorbidades, prevista para ocorrer nas próximas etapas da campanha, a depender da quantidade de imunizantes enviada à capital pelo governo federal.

“Os pacientes que se enquadram neste grupo deverão solicitar um relatório do médico com quem fazem acompanhamento para que um laudo seja providenciado e, após isso, uma identificação da condição de portador de doença crônica”, esclareceu a pasta. Ainda não há previsão para o chamamento desse grupo prioritário.

Próximas fases

“Em função do baixo número de doses de vacinas recebidas, a Secretaria de Saúde tem priorizado – neste primeiro momento – os grupos de risco com maiores chances de contrair a doença (profissionais e servidores da saúde) e de óbito (idosos) por Covid-19. Os grupos serão ampliados conforme a disponibilidade de mais vacinas por parte do Ministério da Saúde”, reforçou o órgão local.

Nesta segunda-feira (8/2), o Governo do Distrito Federal (GDF) decidiu ampliar a vacinação contra Covid-19 para pessoas com 79 anos ou mais. Antes, a imunização era restrita para idosos a partir de 80 anos e outros grupos prioritários, como profissionais da saúde.

Segundo a secretaria, é esperado, já a partir desta terça-feira (9/2), que 6.170 cidadãos com mais de 79 anos recebam a vacina. A decisão de incluir mais brasilienses no plano de imunização ocorreu durante reunião do Comitê de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19 do DF.

 

 

Prioridade de atendimento

A lei sancionada pelo governador Ibaneis garante ainda o atendimento prioritário em estabelecimentos comerciais, de serviços e instituições financeiras do Distrito Federal para os pacientes de hemodiálise, pessoas com fibromialgia e as portadoras de neoplasia maligna. A regra foi publicada no Diário Oficial (DODF) desta segunda.

De acordo com especialistas, a nova jurisprudência vem para facilitar a vida das pessoas que sofrem com essas comorbidades, visto que são doenças que acabam por debilitar muito o corpo humano. O projeto é de autoria do deputado distrital Martins Machado (Republicanos).

A fibromialgia é uma doença reumatológica, que causa dor crônica de difícil tratamento. Os episódios podem ser influenciados por diversas situações e, quando o paciente está em crise de dor, não consegue realizar atividades cotidianas.

Já a neoplasia maligna são os cânceres – também classificadas como doenças debilitantes.

 

 

 

texto original https://www.metropoles.com/colunas-blogs/janela-indiscreta/pessoas-com-doencas-cronicas-graves-devem-apresentar-laudo-para-serem-vacinadas-no-df

Será que tem lei para fibromiálgicos em minha cidade ou estado?










 

Você sabe se em sua Cidade ou Estado existe algum benefício entre as políticas públicas? Sabe como pesquisar? A gente vai te explicar...
 

Será que tem lei para fibromiálgicos em minha cidade ou estado?






Você sabe se em sua Cidade ou Estado existe algum benefício entre as políticas públicas? Sabe como pesquisar? A gente vai te explicar...

 

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Garantia para novos atendimentos preferenciais - Brasília/DF

 

Resultado de imagem para fila para atendimento 

imagem do site http://www.gestaodeatendimento.com.br/estrategias-para-reduzir-as-filas/

 

Lei sancionada pelo govenador Ibaneis prevê prioridade para pacientes em hemodiálise, com fibromialgia e portadoras de neoplasia maligna

Além das prioridades para pessoas com deficiência, idosos com mais de 60 anos, gestantes, lactantes, pessoas com crianças de colo e pessoas com obesidade grave ou mórbida, estabelecimentos comerciais, de serviços e instituições financeiras do Distrito Federal também terão que dar preferência no atendimento a pessoas que se submetem a hemodiálise, pessoas com fibromialgia e pessoas portadoras de neoplasia maligna. É o que garante a Lei nº 6.801, sancionada pelo governador Ibaneis Rocha na última semana.

 

O projeto é de autoria do deputado distrital Martins Machado e altera o artigo 1º da lei nº 4.027, de 2007, legislação distrital que dispõe sobre a prioridade de atendimentos. De acordo com especialistas, a nova jurisprudência vem para facilitar a vida das pessoas que sofrem com essas comorbidades, visto que são doenças que acabam por debilitar muito o corpo humano.

“O paciente renal crônico em diálise já é uma pessoa hipertensa, diabética, coronariopata e, por causa disso, é debilitada. A doença renal pode desenvolver situações secundárias, como anemia e doença mineral óssea, e os pacientes também sofrem muitas repercussões no corpo após uma sessão de diálise, e tem que fazer isso três ou seis vezes por semana. Essa lei facilita a vida dessas pessoas, fazem-nas sofrer menos”, explica a médica nefrologista Lizandra Carvalho, servidora da Secretaria de Saúde.

 

A fibromialgia é uma doença reumatológica que causa dor crônica de difícil tratamento. Os episódios podem ser influenciados por diversas situações, e quando o paciente está em crise de dor, não consegue realizar atividades cotidianas. Já a neoplasia maligna são os cânceres, que por si só já são doenças debilitantes, e que tem um tratamento tão extenuante quanto.

 

texto original https://www.agenciabrasilia.df.gov.br/2021/02/07/lei-da-fila-amplia-direitos-de-preferencia/

 

 

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Carteirinha de atendimento prioritário às pessoas com fibromialgia começa a ser emitida em São Roque - SP

AMPLIAR FOTO 

O vereador Cabo Jean recebeu, nesta semana, a informação de que as carteirinhas que dão o direito ao atendimento prioritário às pessoas com fibromialgia começaram a ser emitidas pelo Departamento do Bem Estar Social, da Prefeitura, colocando em prática o Decreto Municipal nº 9.425/2020, que regulamentou a Lei nº 5.092/2020 de sua autoria.

Segundo o Decreto Municipal, poderão solicitar a carteirinha as pessoas que comprovem a existência da enfermidade através de laudo emitido por médico reumatologista, devendo também apresentar documentos pessoais.

Segundo informações, Cabo Jean é o autor da Lei Municipal que dispõe sobre o atendimento preferencial e explica que as pessoas que sofrem com a doença poderão ser atendidas prioritariamente em órgãos e empresas públicas, empresas concessionárias de serviços públicos e empresas privadas localizadas em São Roque, serão obrigadas a disponibilizar atendimento preferencial às pessoas com fibromialgia.

“Estou feliz por essa Lei, pelas carteirinhas, mas principalmente, por saber que poderemos amenizar ao menos um pouco o sofrimento de quem tem fibromialgia ao permitir que sejam atendidas prioritariamente”, conclui.  

 

fonte: http://www.saoroquenoticias.com.br/noticia.asp?idnoticia=30320

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

Carteirinhas de prioridade para pessoas com Fibromialgia são entregues


 Foto: Prefeitura de Viçosa 

Carteirinhas de prioridade para pessoas com Fibromialgia são entregues

Prefeitura de Viçosa cumpre medida que garante benefícios a pessoas com fibromialgia e Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Publicado em: 03/02/2021 às 15:56hs

Na última semana, a Prefeitura Municipal de Viçosa realizou a entrega das primeiras carteirinhas que garantem prioridade para pessoas com fibromialgia. A secretária de Assistência Social, Vera Saraiva, e a coordenadora do Setor de Passe Livre, Michelle Mello Gomes, estiveram presentes na entrega simbólica do documento.

Conforme a Lei 2.795/2019, a ação garante a prioridade para pessoas com a síndrome de fibromialgia nos atendimento em bancos, comércios, serviços públicos, entre outros. A medida também concede aos portadores da doença o direito ao cartão de estacionamento preferencial, emitido pela Diretoria de Trânsito. 

Além disso, foi instituído o Dia Municipal da Fibromialgia a ser comemorado anualmente no dia 12 de maio, para conscientizar a população sobre a doença. 

O QUE É FIBROMIALGIA?

Segundo o Ministério da Saúde, trata-se de uma síndrome não inflamatória que engloba uma série de manifestações clínicas como dor, fadiga, indisposição, distúrbios do sono. É uma forma de reumatismo associado à sensibilidade do indivíduo frente a um estímulo doloroso.

Diferentes fatores, isolados ou combinados, podem favorecer as manifestações da fibromialgia, dentre eles: doenças graves, traumas emocionais ou físicos, mudanças hormonais...

CARTEIRINHA PARA PESSOAS COM FIBROMIALGIA 

Laudo médico;

Solicitação preenchida pelo médico;

Xerox do documento de identidade com foto, CPF, comprovante de residência;

Foto 3x4 recente.

Você pode buscar o documento de solicitação que deve ser preenchido pelo médico na Secretaria de Assistência Social...

CARTÃO PARA ESTACIONAMENTO PREFERENCIAL (documentos digitalizados)

Identidade oficial com foto e CPF;

Comprovante de residência, atual, na cidade de Viçosa em nome do beneficiário da credencial ou em nome do seu representante legal;

Atestado médico padrão preenchido (o atestado deve estar preenchido pelo médico, com assinatura e carimbo).

A solicitação pode ser feita de forma online, clicando Aqui https://www.vicosa.mg.gov.br/servicos/info/emissao-de-cartao-de-estacionamento---pessoa-com-deficiencia/21

Fonte:
https://www.folhadamata.com.br/cidade/noticias/carteirinhas-de-prioridade-para-pessoas-com-fibromialgia-foram-entregues




Uso incorreto do celular pode causar danos na coluna cervical



 Médico Éverton Zeni - Ortopedista/Traumatologista/Cirurgia da coluna vertebral - CRM: 18132| RQE: 12829 

São Miguel do Oeste/SC

Profissionais fazem alerta muito importante.

Vamos nos ajudar com estas orientações.

Atualmente, é um hábito comum o uso diário e tão longo do celular.

Percebem?


VIVA BEM! - GERAL - 02/02/2021 10:32

Uso incorreto do celular pode causar danos na coluna cervical

No Brasil, os dados também são alarmantes: cerca de 30% da população do país apresenta algum caso de dor crônica na coluna

Também conhecida como "text neck", a síndrome do pescoço de texto ou 'pescoço tecnológico' é uma nova doença da coluna vertebral, causada principalmente pelo uso excessivo de celulares e dispositivos móveis. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% da população mundial tem, teve ou terá dores nas costas provocadas por problemas de coluna e postura errada. No Brasil, os dados também são alarmantes: cerca de 30% da população do país apresenta algum caso de dor crônica na coluna.

Você sabia que o uso de telefones celulares pode dobrar ou triplicar o peso de sua cabeça ao inclinar o pescoço?

A cabeça em posição normal pesa 6 quilos, mas quando inclinada, a sobrecarga passa a ser maior, podendo atingir até 27 quilos.

 

Uma pessoa passa, em média, de 2 a 4 horas por dia na frente de um smartphone ou tablet com a postura inadequada.

A má postura com que manuseamos esses aparelhos, em geral com a cabeça flexionada para baixo, na direção do queixo, faz com que uma grande quantidade de peso seja depositada sobre toda a coluna. 

A posição inadequada alonga a musculatura que mantem o pescoço elevado, porém mais fracos, e encurtando a cadeia muscular anterior. Assim, a pressão discal aumenta causando degeneração precoce, dor no pescoço, tensão muscular, hérnias discais, formigamento ou dormência de membros superiores (em casos mais graves) e rigidez.

Tratamentos e prevenção

Levante a cabeça: o ideal é que o maxilar forme um ângulo de 90 graus com o pescoço. Ao invés de se abaixar para olhar o celular, levante o aparelho levemente abaixo da altura de seu rosto.

Trabalhos longos: Prefira seu computador de mesa ou laptop. Verifique se esses dispositivos estão dispostos ergonomicamente.
Mantenha os braços apoiados em uma superfície estável.

 

 

Alongue-se: de duas a três vezes por dia, faça exercícios de alongamento para aliviar a tensão no pescoço, como o movimento de "sim" e "não" com a cabeça.

Fortaleça seus ombros: exercícios de pilates e ioga são excelentes para fortalecer os ombros e a região da cervical. Músculos fortes são menos suscetíveis a problemas de postura e dores.

Caminhe: a caminhada, corrida e outras atividades aeróbicas, se praticadas com frequência, ajudam a melhorar a postura.

Liberte-se: é inegável que o celular é fantástico, mas que tal usá-lo sem excesso? Prestar mais atenção ao seu redor, conversar mais com os amigos e com a família é algo insubstituível.

Dores: se você sente dores fortes na região do pescoço e cervical, procure um médico especialista. Só ele terá condições de avaliar sua necessidade.

É importante tomar cuidado e buscar corrigir sua postura o quanto antes para evitar maiores danos futuros.

Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste
Médico Éverton Zeni - Ortopedista/Traumatologista/Cirurgia da coluna vertebral - CRM: 18132| RQE: 12829
Diretora técnica - Katia Bugs - médica - CRM 10375 - Nefrologista - RQE 5333

 

FONTE: https://www.portalsmo.com.br/1/noticias/29/geral/96019/uso-incorreto-do-celular-pode-causar-danos-na-coluna-cervical


Organização Mundial da Saúde alerta que 80% da população já teve ou terá dor na coluna


A dor lombar é a segunda maior causa de ida dos pacientes aos consultórios médicos; só perde para a dor de cabeça. 

O ortopedista Alexandre Fogaça Cristante diz ser preciso estar atento a sinais de alerta, como dor crônica e alterações de força e sensibilidade na perna

02/02/2021

Por Simone Lemos

Levantamento realizado pela Organização Mundial da Saúde mostra que somente a dor de cabeça supera a dor lombar. Uma postura correta é essencial para a saúde das pessoas. Sentar de qualquer jeito para trabalhar, assistir à televisão, dirigir e até mesmo dormir na posição incorreta pode causar dores ou lesões na coluna.

Segundo o médico ortopedista Alexandre Fogaça Cristante, do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, “uma má postura pode influenciar negativamente a coluna. No início, a sobrecarga pode causar dores musculares, levando a um desgaste prematuro, causando hérnias de disco, artroses, discopatia e outros problemas”.

A prática de atividades físicas é indicada para evitar ou minimizar as dores. Entre as práticas indicadas estão: natação, hidroginástica, musculação ou pilates. A manutenção de um peso adequado também contribui para uma vida mais saudável. Estar atento a uma posição correta durante as atividades do dia a dia contribui para evitar dores ou lesões.

Há situações que precisam de um acompanhamento médico. Fogaça cita que é preciso estar atento aos sinais de alerta. “Quem já tem problema de coluna deve prestar atenção a dores intensas, dor crônica com alterações de força e sensibilidade na perna, associada a perda de peso ou febre, ou dor após um trauma.


Fonte: https://jornal.usp.br/atualidades/organizacao-mundial-da-saude-alerta-que-80-da-populacao-ja-teve-ou-tera-dor-na-coluna/

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

MAIO - MÊS MUNDIAL DA FIBROMIALGIA


🄵🄸🄱🅁🄾🄼🄸🄰🄻🄶🄸🄰 🄴🄼 🄼🄰🄸🄾 🅃🄴🄼 🄷🄸🅂🅃ó🅁🄸🄰


Tom Hennessy, o fundador da RESCIND, INC. (Repeal Existing Stereotypes about Chronic Immunological and Neurological Diseases), foi o primeiro a organizar tudo. 
Em 1993, ele designou o dia 12 de Maio como o Dia Internacional da Sensibilização para as Doenças Crônicas Imunológicas e Neurológicas. As doenças que caíram nesse conjunto foram a Fibromialgia, Síndrome de Fadiga Crónica / Encefalomielite Miálgica, a Síndrome da Guerra do Golfo e Síndrome de Sensibilidade Química Múltipla. Muitos de vocês sabem que o dia 12 de Maio é ainda o Dia Mundial da Sensibilização para a Fibromialgia e SFC/EM.

Por que o dia 12 de Maio? 

​Hennessy escolheu a data para lembrar o aniversário de Florence Nightingale. Nightingale foi uma enfermeira inglesa do exército que se tornou doente crônica, enquanto estava na linha da frente. Muitos dos seus sintomas eram semelhantes aos da Fibromialgia e SFC/EM. Ela melhorou a assistência médica militar e fundou a primeira Escola de Enfermagem, mas estava de cama nos últimos 50 anos da sua vida. Nightingale foi uma inspiração (uma pioneira do movimento da Cruz Vermelha) e ainda é hoje.
Também é conhecido como o "Dia da Enfermagem"

E no Brasil tramita o PL 8808/2017 na Câmara dos Deputados para Aprovação da instituição no Dia 12 de maio como Dia da Conscientização e Enfrentamento à Fibromialgia.
O Projeto é de autoria da Ex-Senadora Ana Amélia. Já tramitou no Senado e já foi aprovado.

Desde 2017 aguardamos a Aprovação deste Projeto de Lei, apesar de nossas reiteradas solicitações.

Após a Aprovação na Câmara dos Deputados, deverá seguir para a Presidência da República Aprovar, Sancionar e Publicar no Diário Oficial da União.

Maio tem história!

Falamos sobre a Fibromialgia e a vida dos Fibromiálgicos o ano inteiro. Mas é em Maio, principalmente, dia 12 que o mundo se une por essa causa.
Conscientizar e Enfrentar a Fibtomialgia 

Ambulatório de Fibromialgia da Unesc recebe emenda parlamentar para aquisição de equipamentos


 Mais uma vitória dos Fibromiálgicos...Reconhecimento e investimento para seu tratamento.

Por RedaçãoEm 28/01/2021 às 19:33

A saúde da região recebeu uma ótima notícia na manhã desta quinta-feira, dia 28. O deputado estadual Kennedy Nunes, esteve na Unesc para formalizar o repasse de R$ 200 mil, por meio de uma emenda em benefício do Ambulatório de Atenção à Pessoa com Fibromialgia, projeto desenvolvido pela Universidade em parceria com a prefeitura de Criciúma. O recurso deve ser liberado em abril e será destinado à compra de equipamentos como ultrassom, aparelhos de laser e macas para o atendimento dos pacientes.

Em um encontro com a reitora, Luciane Bisognin Ceretta e membros da gestão universitária, o deputado salientou a importância do trabalho desenvolvido na Unesc em prol da saúde das pessoas com fibromialgia. Durante a sua fala, o deputado se comprometeu a direcionar, em 2022, outra emenda ao projeto. “Penso que é um piloto para o Brasil. Por isso estamos aqui, para que possamos enviar algum tipo de ajuda. Este é um ambiente de pesquisa, e a doença e seus tratamentos precisam da quebra de tabus. A nossa intenção é que este projeto possa beneficiar ainda mais pessoas”.

A reitora da Unesc enfatiza o agradecimento da comunidade acadêmica e regional ao gesto do deputado. “A aquisição destes novos equipamentos decorrentes desta emenda parlamentar serão fundamentas à continuidade deste projeto. O deputado ainda sinalizou novas possibilidades de apoio a nossa Universidade e isso é muito importante para a manutenção dos serviços que a Unesc oferece para a comunidade e que também conferem espaço de construção acadêmica para nossos estudantes”, afirma a reitora da Unesc.

A coordenadora do Ambulatório de Fibromialgia, Mágada Tessmann, afirma que os recursos irão colaborar muito com a qualificação do atendimento realizado. Segundo ela, o ambulatório oferece atendimento à saúde de maneira integral. O que o ambulatório propõe não é apenas uma consulta médica. Isso acontece à medida que for necessário, mas o paciente recebe atenção de uma equipe multiprofissional, com profissionais como nutricionista, psiquiatra, educador físico, fisioterapeuta, cirurgião dentista e enfermeiro. A proposta é que cada paciente tenha um projeto terapêutico singular, discutido pela equipe e pelo paciente. As práticas não são estáticas e o processo é avaliado continuamente”, explica Mágada.

Fonte:
http://www.engeplus.com.br/noticia/saude/2021/ambulatorio-de-fibromialgia-da-unesc-recebe-emenda-parlamentar-para-aquisicao-de-equipamentos

 

Esclarecimento à sociedade.

Fevereiro Roxo é o mês de Conscientização ao Lupus e Alzheimer!

Fevereiro Roxo NÃO representa a Fibromialgia!

Temos por base a referência mundial de 12 de Maio, Dia Internacional da Fibromialgia! Dia de enfrentamento e conscientização, inclusive com Leis por diversos Estados e municípios do Brasil.

A PLS 8808 que tramita na Câmara dos Deputados (já foi aprovado no Senado), para instituição do Dia Nacional da Conscientização e Enfrentamento à Fibromialgia - 12 de maio. Se aprovado pela Câmara dos Deputados, daí então segue para a sanção do Exmo. Presidente da  República.

 

01 de fevereiro DIA DO PUBLICITÁRIO(A)


 01 de fevereiro

DIA DO PUBLICITÁRIO(A)

A ABRAFIBRO parabeniza à todos os(as) publicitários(as), em especial, à nossa publicitária voluntária Vanessa Cotait, pela dedicação, amor e excelente desempenho que realiza seu trabalho em nossa instituição!

DIA DO PUBLICITÁRIO 

1 de Fevereiro de 2021 

Dia do Publicitário é comemorado anualmente em 1º de fevereiro.

A data homenageia os profissionais de comunicação social que são responsáveis em pensar, criar e desenvolver campanhas publicitárias destinadas a promover idéias, lugares, empresas, organizações, produtos, pessoas e etc.

Os publicitários trabalham tendo como principal característica a criatividade, por causa disso são considerados profissionais "despojados", "jovens" e sem horários fixos. A construção de um bom ambiente de trabalho é essencial para o desenvolvimento da inspiração necessário para o publicitário criar suas peças e projetos.

Origem do Dia do Publicitário

O Dia do Publicitário no Brasil é comemorado no dia 01 de fevereiro em referência ao Decreto nº 57.690, de 1º de fevereiro de 1966, que por sua vez aprova o regulamento para a execução da Lei nº 4.680, de 18 de junho de 1965, que dispõe sobre o exercício da profissão de publicitário e de agenciador de propaganda no país.

Para fiscalizar e controlar os direitos e deveres dos profissionais que trabalham com a publicidade, foi criado o CONAR - Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária.

A principal função do CONAR é garantir a ausência de publicidades enganosas e que sejam de caráter abusivo ou constrangedor para a população, além de garantir a liberdade de expressão comercial.

Fonte:
https://www.calendarr.com/brasil/dia-do-publicitario/