Seja Bem Vindo ao Universo do Fibromiálgico

A Abrafibro - Assoc Bras dos Fibromiálgicos traz para você, seus familiares, amigos, simpatizantes e estudantes uma vasta lista de assuntos, todos voltados à Fibromialgia e aos Fibromiálgicos.
A educação sobre a Fibromialgia é parte integrante do tratamento multidisciplinar ao paciente. Mas deve se estender aos familiares e amigos.
Conhecendo e desmistificando a Fibromialgia, todos deixarão de lado preconceitos, conceitos errôneos, para darem lugar a ações mais assertivas com diversos aspectos, como: tratamento, mudança de hábitos, a compreensão de seu próprio corpo. Isso permitirá o gerenciamento dos sintomas, para que não se tornem de difícil do controle.
A Fibromialgia é uma síndrome, é real e uma incógnita para a medicina.
Pelo complexo fato de ser uma síndrome, que engloba uma série de sintomas e outras doenças - comorbidades - dificulta e muito os estudos e o próprio avanço das pesquisas.
Porém, cientistas do mundo inteiro se dedicam ao seu estudo, para melhorar a qualidade de vida daqueles por ela atingidos.
Existem diversos níveis de comprometimento dentro da própria doença. Alguns pacientes são mais refratários que outros, ou seja, seu organismo não reage da mesma forma que a maioria aos tratamentos convencionais.
Sim, atualmente compreendem que a síndrome é "na cabeça", e não "da cabeça". Esta conclusão foi detalhada em exames de imagens, Ressonância Magnética Funcional, que é capaz de mostrar as zonas ativadas do cérebro do paciente fibromiálgico quando estimulado à dor. É muito maior o campo ativado, em comparação ao mesmo estímulo dado a um paciente que não é fibromiálgico. Seu campo é muito menor.
Assim, o estímulo dispara zonas muito maiores no cérebro, é capaz de gerar sensações ainda mais potencialmente dolorosas, entre outros sintomas (vide imagem no alto da página).
Por que isso acontece? Como isso acontece? Como definir a causa? Como interromper este efeito? Como lidar com estes estranhos sintomas? Por que na tenra infância ou adolescência isso pode acontecer? Por que a grande maioria dos fibromiálgicos são mulheres? Por que só uma minoria de homens desenvolvem a síndrome?
Estas e tantas outras questões ainda não possuem respostas. Os tratamentos atuais englobam antidepressivos, potentes analgésicos, fisioterapia, psicoterapia, psiquiatria, e essencialmente (exceto com proibição por ordem médica) a Atividade Física.
Esta é a parte que têm menor adesão pelos pacientes.
É dolorosa no início, é desconfortante, é preciso muito empenho, é preciso acreditar que a fase aguda da dor vai passar, trazendo alívio. Todo paciente precisa de orientação médica e/ou do profissional, que no caso é o Educador Físico. Eles poderão determinar tempo de atividade diária, o que melhor se adequa a sua condição, corrige erros comuns durante a atividade, e não deixar que o paciente force além de seu próprio limite... Tudo é comandado de forma progressiva. Mas é preciso empenho, determinação e adesão.
Você pode seguir nossos outros canais de notícias.
Escolha:
Aqui, você pode cadastrar seu e-mail, abaixo, na coluna à sua esquerda.
Ou escolher entre:
WhatsApp
https://chat.whatsapp.com/IAh9lNNWEb82DLJwTWqwyu
Telegram
https://t.me/abrafibronoticias

Notícias sobre Fibromialgia e Saúde.
Não são grupos interativos.

TRADUTOR

Mostrando postagens com marcador fibromyalgia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador fibromyalgia. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

21 de janeiro - Dia Mundial da Religião


 A ABRAFIBRO se preocupa com o respeito pela opção religiosa de cada membro.

*Temos nosso Momento de Oração, toda quinta-feira às 20h.*

Junte-se a nós, coloque sua oração, pedido ou agradecimento e seremos várias vozes em um único clamor a Deus. 


"Tenha sempre empatia pelas pessoas e as religiões delas. A gente tem que entender que, muitas vezes, a religião salva as pessoas de momentos difíceis e ruins, devemos respeitar o que cada pessoa acredita. Por isso, faça do Dia Mundial da Religião um dia melhor e mais leve!" 


DIA MUNDIAL DA RELIGIÃO 


Desde o ano de 1950, o mês de janeiro é dedicado à comemoração do Dia Mundial da Religião. Essa data foi proposta, em 1950, por uma Assembleia Espiritual Nacional dos Estados Unidos da fé bahá'í, uma religião que surgiu no século XIX por meio dos ensinamentos de Bahá'u'lláh, líder religioso persa nascido em 1817 e morto em 1892. 


O Dia Mundial da Religião, conforme sua proposta original, é comemorado no terceiro domingo do mês de janeiro. Sendo assim, é uma data móvel, no ano de 2020 foi no dia 17 de janeiro. 

Porém, no Brasil, eventualmente, as autoridades optaram por comemorar junto com o *Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa*, que acontece no dia *21 de janeiro*.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

Vacinação do Covid-19 em pacientes reumáticos

Sociedade Brasileira de Reumatologia lança guia com orientações sobre vacinação contra a COVID-19 em pacientes reumáticos 

Resultado de uma ação conjunta de 28 especialistas da entidade, o documento recomenda que a decisão de vacinação deve ser individual e compartilhada entre o médico e paciente.


• O guia estabelece que o cenário recomendável para vacinação ocorrer para pacientes reumáticas é quando a doença está estável ou em remissão, ou sem ou com baixo grau de imunossupressão


Na quarta-feira, dia 13 de janeriro às 19 horas será transmitido uma live no perfil do Instagram @sociedadereumatologia 


A Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) acaba de emitir um guia com orientações sobre a vacinação contra a covid-19 em pacientes com doenças reumáticas imunomediadas (DRIM). Segundo o documento, a decisão de vacinação deve ser individual e compartilhada entre o médico e paciente, tendo em vista que portadores dessas enfermidades podem apresentar desregulação imune por causa da doença e imunossupressão devido ao tratamento. Outros fatores a serem considerados são a faixa etária do paciente e suas comorbidades, como cardiopatias, diabetes mellitus, hipertensão arterial, obesidade, doença renal crônica e doença pulmonar obstrutiva crônica, que são associadas a um maior risco de hospitalização e mortes relacionadas ao novo coronavírus.


O guia recomenda que a vacinação, para esses pacientes, pode ocorrer quando a doença está estável ou em remissão e o paciente está sem ou com baixo grau de imunossupressão. Entretanto, o médico pode discutir com o paciente o momento para a imunização, considerando a situação epidemiológica da região e o enquadramento do paciente nos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde.


Gripe e Pneumonia – De acordo com o documento, os pacientes reumáticos devem ser imunizados também contra a gripe e a doença pneumocócica, seguindo as recomendação do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e Ministério da Saúde e, em caso de dúvida, deve conversar com o seu médico.


O guia da SBR é resultado de uma ação conjunta de 28 especialistas da diretoria, Comissão de Doenças Endêmicas e Infecciosas e da força-tarefa covid-19, seguindo o protocolo de consenso de DELPHI. O documento é composto por 16 perguntas e pode ser acessado em https://www.reumatologia.org.br/noticias/sbr-emite-documento-com-orientacoes-de-vacinacao-contra-covid-19/

 

 

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Medicina clínica da dor

 

11 DE JANEIRO DE 2021

 Óleo de cannabis rico em THC mostra potencial como terapia de fibromialgia. Um óleo de cannabis rico em tetraidrocanabinol (THC) melhorou significativamente os sintomas e a qualidade de vida em pacientes com fibromialgia, de acordo com um ensaio clínico randomizado, duplo-cego, controlado por placebo (Pain Med 2020; 21 [10]: 2212-2218).
Os pesquisadores acreditam que os fitocanabinóides “podem ser uma terapia de baixo custo e bem tolerada para reduzir os sintomas e aumentar a qualidade de vida dos pacientes com fibromialgia”, mas pediram mais pesquisas para determinar se os benefícios são duráveis.
Os pesquisadores estudaram os efeitos de uma gota (aproximadamente 1,22 mg de THC e 0,02 mg de canabidiol) por dia de óleo de cannabis rico em THC (24,44 mg / mL de THC e 0,51 mg / mL de canabidiol) em 17 mulheres residentes de um bairro em Florianópolis, Brasil.
A dose de tratamento pode ser aumentada com base nos sintomas. Oito participantes foram randomizados para tratamento com cannabis e nove compunham o grupo de controle. Ambos os grupos tiveram pontuações basais semelhantes no Questionário de Impacto da Fibromialgia (FIQ).
Foi readministrado cinco vezes ao longo do período de estudo de oito semanas. O grupo de tratamento ativo experimentou uma redução significativa das pontuações do FIQ basal após a intervenção (P <0,001) e também em comparação com as pontuações do grupo de placebo (P = 0,005).
Especificamente, foram observados ganhos significativos no grupo de óleo de cannabis no FIQ para os itens "sentir-se bem", "dor", "trabalhar" e "fadiga". Melhorias significativas nos escores de depressão no FIQ foram relatadas no grupo de placebo. Sem efeitos colaterais graves foram relatados em nenhum dos grupos.
“Estudos maiores e mais longos, acessando extratos integrais de cannabis com concentrações variadas entre os fitocanabinóides e incluindo um período de washout devem ser feitos para aprimorar nosso conhecimento sobre a ação da cannabis na fibromialgia”, de acordo com os pesquisadores, que afirmaram que, segundo eles, o ensaio randomizado é o primeiro a mostrar os benefícios do óleo de cannabis para a Fibromialgia.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

FELIZ NATAL!!!

Desejamos a todos os nossos Amigos,

Um Natal repleto de Felicidades, de Amor e Paz!

Que tenhamos a Paz de Espírito, para o discernimento correto de que estamos fazendo aquilo que é justo e correto, para nós e nossos semelhantes.

Que tenhamos o prazer de ser útil a alguém.

E que o novíssimo ano.... ?

Seja um ano de muitas transformações e realizações para todos, não só no campo material, mas principalmente em nossa alma, em nosso "eu" interior.

Desejo que todos tenham o que for justo, belo, sereno e louvável aos olhos do criador.

Que neste Natal os anjos desçam do céu e, iluminem o seu sorriso para que ele se torne tão sincero quanto o sorriso de uma criança.

E que, você transmita a Paz e o Amor a todos que se aproximarem de você. 

São os votos da Família

ABRAFIBRO - Associação  dos Fibromiálgicos


Feliz Natal !!!!

 🤶🎅🌲🎁🙏🏻

sexta-feira, 23 de outubro de 2020

LIVE: FIBROMIALGIA EM HOMENS

 Homens com Fibromialgia!

Vocês não foram esquecidos.

São poucos, e merecem atenção, carinho e respeito!

Hoje vamos falar sobre os aspectos que podem diferenciar a SF no homem, seus desafios e, como melhorar a qualidade de vida. Sim, é possível!

Estaremos a sua espera... 

Traga seu ou sua companheiro(a) para assistir também.

Será esclarecedor para todos. 

Lembrando... A Dra Marcella de Carlo - Médica Fisiatra com o paciente Paulécio Alves (Maceió/AL) nosso 2º Tesoureiro... está com Abrafibro desde nosso início...13 anos! Ele tem muita experiência para contar.

A Dra. Marcella de Carlo - Profissional Voluntária - o dispensa apresentações... já é muito conhecida em nosso canal.

Então, venham com mente aberta para escutar e aprender... 

Vamos apresentar formas de melhorar a qualidade de vida e ouví-los também.

Não existe solução pronta, mas há caminhos...

Às 20hs, em nosso canal no YouTube... Estaremos a sua espera. Ok?

https://www.youtube.com/c/AbrafibroAssocBrasdosFibromiálgicos/

Convide a família para acompanhar.

20hs 🕗

Hoje!

Não esqueça de deixar seu Like 👍🏻Se inscrever no canal e clicar no sininho 🔔 para receber nossas notificações dos próximos eventos. 

Ok?🤜🏻🤛🏻

A ABRAFIBRO está cada vez mais perto de você.


#homemcomfibromialgia

#homenscomfibromialgia

#HomensFibromialgicos

#homemfibromialgico

#fibromialgianoshomens

#fibromialgianohomem

#dorcronicanohomem

#fibromialgianohomemédiferente

#fibromialgia

#fibromialgicos

#dorécoisaséria

#homenscomdor


terça-feira, 20 de outubro de 2020

LIVE: FIBROMIALGIA PARA HOMENS

LIVE: FIBROMIALGIA PARA HOMENS


E está chegando...

Esta semana a Abrafibro reservou esse tema tão importante, porque afinal de contas, Eles são poucos em relação às mulheres com fibromialgia, mas apenas em números!

Vamos entender como convivem os homens? Quais suas dificuldades e aflições no universo masculino?

Estarão presentes na Live:

• Dra. Marcella de Carlo Barcelos Teixeira.
Médica pela Faculdade Estadual de Medicina de Ribeirão Preto, Medicina Física e Reabilitação pelo HC-FMUSP e profissional voluntária da Abrafibro;

• Paulécio Alves, paciente fibromiálgico, administrador do G. A. FIBROMIALGICOS MACEIÓ e 2º Tesoureiro da Abrafibro

Aproveita e se inscreva em nosso canal, ative o 🔔 e conheça nossas publicações que foram desenvolvidas especialmente pra vocês!!
Deixe seu Like 👍🏻

Quando?
23/10
Às 20 hs



#abrafibro #fibromialgia #fibromyalgia #fibomialgiaxhomens #LIVE #FIBROMIALGIAEMHOMENS # #tratamentoemdor #live #saude #tratamento
#cotidianodafibromialgia #dramarcelladecarlo

Vai ser no canal do Youtube: https://www.youtube.com/c/AbrafibroAssocBrasdosFibromiálgicos


quinta-feira, 8 de outubro de 2020

REGULAMENTAÇÃO PARA TRATAMENTO E EMISSÃO DAS CARTEIRAS DE IDENTIFICAÇÃO EM SÃO LUIS - MA

 

Em excelente reunião com a SEMUS da capital São Luis do Maranhão foram discutidas várias demandas acerca dos pacientes com fibromialgia:

.

✓ Como se dará a emissão das carteirinhas de identificação, conforme a Lei n° 6.605/19 para filas preferenciais, de autoria do vereador Ricardo Diniz;

.

✓ Ampliação dos tratamentos com especialistas multidisciplinares, incluindo a CASA DA DOR;

.

✓ Humanização da rede pública de profissionais da saúde;

.

✓ Divulgação, conscientização e Enfrentamento da síndrome;

.

✓ Acesso aos tratamentos, como PICS - PRÁTICAS INTEGRATIVAS COMPLEMENTARES ofertadas pelo SUS;

.

✓ Inclusão do Serviço Social à família do paciente;

.

✓ Solicitação de dados quantitativos, para fins de pesquisa, estatísticas e da medicação fornecida por rede pública municipal;

.

✓ Inclusão da pessoa com fibromialgia nos programas ofertados pelo munícipio;

.

✓ Possível convênio do município com universidades e faculdades para tratamentos, em cursos voltados à área da saúde;

.

✓ Ações que devem ser tomadas anualmente, no mês de maio, em alusão ao DIA DA FIBROMIALGIA, 12 de Maio;

.

✓ Entre outros.

.

A ABRAFIBRO agradece imensamente o envolvimento da Prefeitura Municipal de São Luis através do Exmo.  Prefeito Sr. Edivaldo Holanda Jr. e da Secretária Municipal de Saúde Sra. Natália Mandarino representados nesta reunião pelas Sras. Kardene Rodrigues e Anne Abreu a quem estendemos nossos agradecimentos.

.

Novas reuniões serão realizadas, visando proporcionar um tratamento inclusivo e digno de forma multidisciplinar.

.

👉Aguardem novas informações.

.

Abrafibro... Sempre fazendo o melhor pra você!

.

#abrafibro #filaspreferenciais #regulamentacaoCarteirinhasSãoLuis_MA #tratamentodignoFibromialgia #saudedigna #saoluis_MA #maranhao #fibromialgia #fibromyalgia #dornaoefrescura #ligadadorma #dorcronica #slz #prefeituradesaoluis #edivaldoholandajr #semusma #tratamentomultidisciplinar #conscientizacao #eutenhofibromialgia #g1ma #tvmirante #tvguarama #difusorama #tvbandma #tvufma #ufma #uema #fazeracontecer #Brasil

#fibromiálgicosSãoLuis_MA

#dorécoisaséria #quemtemdortempressa

#Fibromiálgicoscomdignidade

.



quarta-feira, 7 de outubro de 2020

LIVE: SAÚDE MENTAL


Um dos temas muito importantes do cotidiano do universo fibromiálgico, assim como um dos mais pedidos!


Quem de nós como pacientes não quer ter a saúde mental? E você, sabe como fazer para manter a sua e viver controlando a sua dor?


A psicóloga Amanda Sena e a Vice Presidente Da Abrafibro, Simone Eli Bombardi


falarão deste tema que  influencia tanto no cotidiano dos pacientes...


Que tal assistir e participar deste importante bate papo? 


👉Deixe sua pergunta nos comentários que no dia da Live serão respondidas


Quando?  09/10/2020 às 19hs


Onde? http://www.youtube.com/c/AbrafibroAssocBrasdosFibromiálgicos


Aproveite e se inscreva em nosso canal, ative o 🔔, de um 👍e aproveite todo nosso conteúdo!  


Todos os nossos vídeos foram desenvolvidos especialmente para você!


Compartilhe com sua família e amigos. Todo conhecimento gera reconhecimento!


#abrafibro #live #saudemental #amadasena #psicologia #fibromialgia #fibromyalgia #dorcronica #bemestar #cuidardesi #dorcronica #live #diamundialdasaudemental #autocuidado #menosestresse #depressao #viverbem

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Vamos colaborar com as pesquisas dos estudantes brasileiros!


Vamos colaborar com as pesquisas dos estudantes brasileiros.
Desta vez é para o curso de Medicina da Unochapecó
Para acessar o questionário click no link abaixo.
Está garantido o anonimato.

 https://forms.gle/1TCbdsq1MHoLkWgaA

Todas as informações estão na imagem feita pelos integrantes do estudo.

Agradecemos a colaboração de todos.
https://forms.gle/1TCbdsq1MHoLkWgaA

domingo, 20 de setembro de 2020

Núcleo de Apoio Psicológico do Maranhão

 Núcleo de Apoio Psicológico do Maranhão

Aos psicólogos Manoel Gomez @manuel.gcj e Amanda Sena @amandasena_psi nossa mais sincera Gratidão por acompanhar os pacientes do Grupo de Apoio Maranhão!!!

A psicologia é peça fundamental no processo de acompanhamento do fibromiálgico, uma gangorra de emoções e constantes desafios diários.

O encontro aconteceu neste último sábado dia 19/09/2020 e contou com a participação de vários pacientes na @ibesperancaevida Igreja Batista Esperança e Vida, em São Luis - Ma.

Um show de voluntariado profissional em busca de abraçar vidas, contruindo momentos significativos e unindo forças no mundo terapêutico.
Fortalecer vidas fibromiálgicas é um grande compromisso!
O nosso muito obrigada!!!










SIMONE ELI BOMBARDI
Vice Presidente
ABRAFIBRO

#abrafibro #gafibromialgiamaranhao #fibromialgiamaranhao #psicologia #tratamentoterapeutico #fibromialgia #fibromyalgia #ligadadorma #dornaoefrescura #depressao #psicologicoabalado #dorcronica #viverbem #qualidadedevida #setembroamarelo #prevencaoaosuicidio #amaravida

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

9 Coisas que você pode fazer para evitar a dor e a fadiga da fibromialgia



     Sabemos perfeitamente o quanto os sintomas da fibromialgia nos abala e tira a nossa estrutura para afazeres corriqueiros do dia a dia, certo!?

     Então vamos lá... vamos aprender com esse vídeo a "Gerenciar" esses sintomas de forma a controlar e poder ter mais qualidade de vida!

     Temos uma doença que ainda não tem cura, mas a melhora depende exclusivamente de cada um de nós!

     Então vamos lá! Separe um tempo pra você! Siga a risca todas as recomendações desse vídeo e vai perceber a diferença.

Clique aqui para acessar o conteúdo:

https://www.youtube.com/watch?v=ssCYTSuxAlQ 

#abrafibro #aliviodesintomas #secuide #dicassaudaveis #fibromialgia #fibromyalgia #gerenciamentodador #dorcronica #fadiga

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

LIVE SEXUALIDADE NA FIBROMIALGIA


     Um dos temas muito importantes do cotidiano do universo fibromiálgico, assim como um dos mais pedidos! Para homens e mulheres!


     A psicóloga Daniela Queiros e a Ginecologista DraMaria Beatriz Campos falarão deste tema que gera tantas dúvidas e inseguranças... 


      Que tal assistir e participar deste importante bate papo? 


👉Deixe sua pergunta nos comentários que no dia da Live serão respondidas. Assim como as perguntas feitas no questionário.


Quando?  11/09/2020 às 19h


Onde? http://www.youtube.com/c/AbrafibroAssocBrasdosFibromiálgicos


     Aproveite e se inscreva em nosso canal, ative o 🔔, de um 👍e aproveite todo nosso conteúdo!  Todos os nossos vídeos foram desenvolvidos especialmente para você!


#abrafibro #live #sexualidadenafibromialgia #danielaqueiroz #dramariabeatrizcampos #fibromialgia #fibromyalgia #dorcronica #psicologiadosexo #ginecologia #dorcronica #dormiofacial #casais

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Uso indiscriminado de remédios pode esconder sintomas de doenças graves


Anti-inflamatórios, que também são encontrados nas fórmulas dos antigripais, são muito prejudiciais para os rins e para o fígado, alerta médico


Muitas pessoas acreditam que medicamentos comprados sem receita médica são totalmente seguros. Entretanto, isso está longe de ser verdade, pois qualquer medicamento possui algum tipo de risco, conta Daphnne Camaroske Vera, nefrologista da BP (A Beneficência Portuguesa de São Paulo). "Entre os grupos de maior risco e possibilidades de sentir os efeitos colaterais da automedicação estão os idosos, gestantes, lactantes, crianças e portadores de insuficiência renal e hepática", afirma a especialista.

Nesse sentido, o uso indiscriminado de determinadas substâncias pode acarretar a ocultação de sintomas de enfermidades mais graves. "Os anti-inflamatórios, que também são encontrados nas fórmulas dos antigripais, são muito prejudiciais para os rins e para o fígado, principalmente em pacientes portadores de alguma doença prévia nesses órgãos. Já os laxantes utilizados em constipação grave podem levar a uma ruptura das alças intestinais e o uso em idosos pode levar à desidratação", explica a especialista.

Não fosse suficiente, existe ainda o risco de interação medicamentosa, que pode diminuir ou potencializar o efeito de um determinado remédio sobre o outro. Um exemplo comum disso é o uso de antibióticos, que podem reduzir a eficácia contraceptiva de medicamentos anticoncepcionais. "Um ponto importante, principalmente para pessoas que tomam antibióticos que já têm em casa, é que o uso desses remédios, se administrados de maneira errada em tempo e dose, possibilita o aparecimento das superbactérias resistentes a diversas classes de antibióticos. Remédios antidepressivos e calmantes também podem levar à dependência física da medicação", reforça a nefrologista.

A maioria dos antibióticos precisa ter a dose reduzida para pessoas portadoras de insuficiência renal ou hepática. "A deficiência nesses órgãos mantém a medicação circulante na corrente sanguínea por mais tempo e, por isso, o ajuste na dose é importante para que o paciente não receba uma quantidade superior daquela necessária", conta Daphnne.

A automedicação é uma prática que deve ser evitada, pois pode prejudicar o funcionamento dos órgãos no geral. "Antes de tomar qualquer medicamento é necessário consultar o médico sobre a segurança e a dosagem certa da medicação. Além disso, é preciso informar o especialista sobre todos os remédios de que faz uso, a fim de conhecer possíveis interações prejudiciais à saúde", finaliza a especialista.


texto original



quinta-feira, 2 de julho de 2020

Como é a vida do Paciente com Fibromialgia no Brasil?




Você pode nos ajudar a mostrar histórias de sucesso e dificuldades no tratamento multidisciplinar pelo Brasil.
Sua colaboração será através da sua história.
Conte-nos quando as mudanças ocorreram, e quais foram as consequências.

Mas, se você não tem a oferta em sua cidade/estado de meios para realizar o tratamento multidisciplinar, conte-nos também sua história.
Conte-nos o que e quais lugares você já procurou atendimento. Quanto maiores as informações sobre sua luta em busca de tratamento, melhor para nós.

A Abrafibro não tem recursos para ajudar ninguém financeiramente.
Lembrando que não recebemos nada de ninguém e, nosso trabalho é 100% voluntário de pacientes e Profissionais da área da Saúde.
Os Profissionais não podem realizar consultas, para que não tenham problemas com a Ética, imposta pela entidade que representa a classe. Porém, estão sempre dispostos a informar e orientar.

Você deve escrever para:
Coloque:
✓ Seu nome
✓ Idade
✓ Tempo de Diagnóstico
✓ Cidade/Estado que você mora.
Aí conte-nos sua história de sucesso ou dificuldades no tratamento multidisciplinar.

Queremos publicar as histórias em nossas mídias sociais e em nosso site. Todas com identificação.
Os casos de dificuldades tentaremos contato com a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde (não é uma promessa de que conseguiremos algo, mas tentaremos!)

Aguardamos sua contribuição...
Vamos revelar a vida dos Fibromiálgicos no Brasil.


*Até 30.11.2020*