Seja Bem Vindo ao Universo do Fibromiálgico

A Abrafibro - Assoc Bras dos Fibromiálgicos traz para você, seus familiares, amigos, simpatizantes e estudantes uma vasta lista de assuntos, todos voltados à Fibromialgia e aos Fibromiálgicos.
A educação sobre a Fibromialgia é parte integrante do tratamento multidisciplinar ao paciente. Mas deve se estender aos familiares e amigos.
Conhecendo e desmistificando a Fibromialgia, todos deixarão de lado preconceitos, conceitos errôneos, para darem lugar a ações mais assertivas com diversos aspectos, como: tratamento, mudança de hábitos, a compreensão de seu próprio corpo. Isso permitirá o gerenciamento dos sintomas, para que não se tornem de difícil do controle.
A Fibromialgia é uma síndrome, é real e uma incógnita para a medicina.
Pelo complexo fato de ser uma síndrome, que engloba uma série de sintomas e outras doenças - comorbidades - dificulta e muito os estudos e o próprio avanço das pesquisas.
Porém, cientistas do mundo inteiro se dedicam ao seu estudo, para melhorar a qualidade de vida daqueles por ela atingidos.
Existem diversos níveis de comprometimento dentro da própria doença. Alguns pacientes são mais refratários que outros, ou seja, seu organismo não reage da mesma forma que a maioria aos tratamentos convencionais.
Sim, atualmente compreendem que a síndrome é "na cabeça", e não "da cabeça". Esta conclusão foi detalhada em exames de imagens, Ressonância Magnética Funcional, que é capaz de mostrar as zonas ativadas do cérebro do paciente fibromiálgico quando estimulado à dor. É muito maior o campo ativado, em comparação ao mesmo estímulo dado a um paciente que não é fibromiálgico. Seu campo é muito menor.
Assim, o estímulo dispara zonas muito maiores no cérebro, é capaz de gerar sensações ainda mais potencialmente dolorosas, entre outros sintomas (vide imagem no alto da página).
Por que isso acontece? Como isso acontece? Como definir a causa? Como interromper este efeito? Como lidar com estes estranhos sintomas? Por que na tenra infância ou adolescência isso pode acontecer? Por que a grande maioria dos fibromiálgicos são mulheres? Por que só uma minoria de homens desenvolvem a síndrome?
Estas e tantas outras questões ainda não possuem respostas. Os tratamentos atuais englobam antidepressivos, potentes analgésicos, fisioterapia, psicoterapia, psiquiatria, e essencialmente (exceto com proibição por ordem médica) a Atividade Física.
Esta é a parte que têm menor adesão pelos pacientes.
É dolorosa no início, é desconfortante, é preciso muito empenho, é preciso acreditar que a fase aguda da dor vai passar, trazendo alívio. Todo paciente precisa de orientação médica e/ou do profissional, que no caso é o Educador Físico. Eles poderão determinar tempo de atividade diária, o que melhor se adequa a sua condição, corrige erros comuns durante a atividade, e não deixar que o paciente force além de seu próprio limite... Tudo é comandado de forma progressiva. Mas é preciso empenho, determinação e adesão.

Quer saber o que é FIBROMIALIGIA? na coluna ao lado esquerdo das postagem clique no link "Mas o que é fibromialgia"


TRADUTOR

Mostrando postagens com marcador alimentos para ajudar na concentração. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador alimentos para ajudar na concentração. Mostrar todas as postagens

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Alimentos que ajudam o cérebro a se concentrar



1) Ginseng, peixe, frutas, ou a cafeína?


Ouça o som sobre alimentos e suplementos dietéticos e você acredita que pode fazer tudo, desde melhorar o foco e a concentração, para melhorar a memória, atenção, e função cerebral.
Mas será que eles realmente funcionam? Não há como negar que, nós cronologicamente com a idade, idades nosso corpo vai junto conosco. A boa notícia é que você pode aumentar suas chances de manter um cérebro saudável - se você adicionar alimentos e bebidas "inteligentes"  à sua dieta.


2.) Cafeína pode torná-lo mais alerta

Não há nenhuma fórmula mágica para aumentar o QI, ou fazer você mais inteligente - mas certas substâncias, como a cafeína, pode energizar e ajudá-lo a concentrar-se. Encontrado em café, chocolate, bebidas energéticas e alguns medicamentos, a cafeína dá-lhe esse zumbido inconfundível despertar - embora os efeitos são de curto prazo. E mais geralmente é menos: Exagero na cafeína e pode torná-lo nervoso e desconfortável.

3.) O açúcar pode aumentar a atenção

Açúcar é a fonte do seu cérebro combustível preferido - e não o açúcar de mesa, mas a glicose, o que o seu corpo metaboliza a partir dos açúcares e carboidratos que você come.É por isso que um copo de algo doce para beber pode oferecer um impulso de curto prazo para a memória, processos de pensamento, e sua capacidade mental.
Consumir muito, no entanto, a memória pode ser prejudicada - juntamente com o resto do corpo. Vá devagar com o açúcar para que ele possa melhorar a memória.


4.) O café da manhã para alimentar o seu cérebro

Tentados a saltar o pequeno almoço?Estudos descobriram que o consumo de café pode melhorar a memória de curto prazo e atenção. Os estudantes que tomam café da manhã tendem a ter um desempenho significativamente melhor do que aqueles que não o fazem. Alimentos no topo da lista dos pesquisadores combustível do cérebro incluem alto teor de fibras cereais integrais, laticínios e frutas. Só não comer demais; pesquisadores também encontraram alto teor calórico pequenos-almoços parecem dificultar a concentração.


5.) Peixe é realmente comida Cérebro

Uma fonte de proteína associada com um aumento grande cérebro é peixe - rico em ácidos graxos ômega 3, essencial para o funcionamento do cérebro e desenvolvimento.Essas gorduras saudáveis ​​têm o poder do cérebro incrível: maior alimentares ácidos graxos ômega 3 são ligados ao menor risco de demência e acidente vascular cerebral; mais lento declínio mental, e pode desempenhar um papel vital na melhoria da memória, especialmente à medida que envelhecemos.
Para o cérebro e a saúde do coração, comer duas porções de peixe por semana.



6.) Adicione uma dose diária de nozes e chocolate

Nozes e sementes são boas fontes de vitamina E antioxidante, que está associado com menor declínio cognitivo com a idade. O chocolate escuro tem ainda outras propriedades antioxidantes poderosos. E contém estimulantes naturais como cafeína, o que pode aumentar o foco e a concentração.
Desfrute de 28,35 g por dia de nozes e chocolate escuro, para fornecer todos os benefícios que você precisa sem excesso de calorias, gordura ou açúcar.



7.) Adicionar abacates e grãos integrais

Cada órgão do corpo depende do fluxo de sangue, especialmente o coração e o cérebro. Comer uma dieta rica em cereais integrais e frutas como abacate pode reduzir o risco de doenças cardiovasculares e reduzir o colesterol ruim. Isso reduz o risco de acúmulo de placa bacteriana e melhora o fluxo de sangue, oferecendo uma forma simples e saborosa de estimular as células cerebrais. Cereais integrais, como pipoca e trigo, também contribuem fibra alimentar e vitamina E. Apesar de abacate ter gordura, é a gordura boa-para-você, monoinsaturada que contribui para o fluxo de sangue saudável.



8.) Mirtilos são super nutritivas

A pesquisa em animais mostra que mirtilos pode ajudar a proteger o cérebro contra os danos causados ​​por radicais livres e pode reduzir os efeitos relacionados com a idade de condições tais como a doença de Alzheimer ou demência. Estudos também mostram que dietas ricas em mirtilos melhorou significativamente tanto o aprendizado, quanto a função muscular de ratos idosos, tornando-os mentalmente equivalente a ratos mais jovens.
Mirtilos: Com um delicioso sabor semi-doce e uma atractiva cor azul púrpura, os mirtilos estão repletos de nutrientes saudáveis.



8.) Benefícios de uma dieta saudável

Pode parecer banal, mas é verdade: Se a sua dieta carece de nutrientes essenciais, pode diminuir a sua capacidade de concentração.Comer muito ou pouco pode também interferir com a sua capacidade de se concentrar.Uma refeição pesada pode fazer você se sentir letárgico, enquanto muito poucas calorias pode resultar em distrair a fome.
Beneficiar o seu cérebro: Esforce-se para uma dieta bem equilibrada cheio de uma grande variedade de alimentos saudáveis, integrais.


9.) Vitaminas, minerais e suplementos?

Prateleiras gemem com suplementos que reivindicam para melhorar a saúde. Embora muitos dos relatórios sobre o poder do cérebro de aumento de suplementos, como as vitaminas B, C, E, beta-caroteno e magnésio são promissores, um suplemento só é útil para as pessoas cujas dietas carecem de nutrientes específicos.
Pesquisadores estão cautelosamente otimistas quanto ginseng, ginkgo, e vitamina, mineral e combinações de ervas e seu impacto sobre o cérebro.
Verifique com seu médico.



10.) Prepare-se para um grande dia

Quer medir sua capacidade de concentração? Comece com uma refeição de suco 100% de fruta, um pão de grãos integrais com salmão, e uma xícara de café. Além de comer uma refeição bem equilibrada, os especialistas também aconselham:
  • Obter uma boa noite de sono.
  • Mantenha-se hidratado.
  • Exercício para ajudar a aguçar o pensamento.
  • Medite chegando a um pensamento claro e relaxe.