Seja Bem Vindo ao Universo do Fibromiálgico

A Abrafibro - Assoc Bras dos Fibromiálgicos traz para você, seus familiares, amigos, simpatizantes e estudantes uma vasta lista de assuntos, todos voltados à Fibromialgia e aos Fibromiálgicos.
A educação sobre a Fibromialgia é parte integrante do tratamento multidisciplinar ao paciente. Mas deve se estender aos familiares e amigos.
Conhecendo e desmistificando a Fibromialgia, todos deixarão de lado preconceitos, conceitos errôneos, para darem lugar a ações mais assertivas com diversos aspectos, como: tratamento, mudança de hábitos, a compreensão de seu próprio corpo. Isso permitirá o gerenciamento dos sintomas, para que não se tornem de difícil do controle.
A Fibromialgia é uma síndrome, é real e uma incógnita para a medicina.
Pelo complexo fato de ser uma síndrome, que engloba uma série de sintomas e outras doenças - comorbidades - dificulta e muito os estudos e o próprio avanço das pesquisas.
Porém, cientistas do mundo inteiro se dedicam ao seu estudo, para melhorar a qualidade de vida daqueles por ela atingidos.
Existem diversos níveis de comprometimento dentro da própria doença. Alguns pacientes são mais refratários que outros, ou seja, seu organismo não reage da mesma forma que a maioria aos tratamentos convencionais.
Sim, atualmente compreendem que a síndrome é "na cabeça", e não "da cabeça". Esta conclusão foi detalhada em exames de imagens, Ressonância Magnética Funcional, que é capaz de mostrar as zonas ativadas do cérebro do paciente fibromiálgico quando estimulado à dor. É muito maior o campo ativado, em comparação ao mesmo estímulo dado a um paciente que não é fibromiálgico. Seu campo é muito menor.
Assim, o estímulo dispara zonas muito maiores no cérebro, é capaz de gerar sensações ainda mais potencialmente dolorosas, entre outros sintomas (vide imagem no alto da página).
Por que isso acontece? Como isso acontece? Como definir a causa? Como interromper este efeito? Como lidar com estes estranhos sintomas? Por que na tenra infância ou adolescência isso pode acontecer? Por que a grande maioria dos fibromiálgicos são mulheres? Por que só uma minoria de homens desenvolvem a síndrome?
Estas e tantas outras questões ainda não possuem respostas. Os tratamentos atuais englobam antidepressivos, potentes analgésicos, fisioterapia, psicoterapia, psiquiatria, e essencialmente (exceto com proibição por ordem médica) a Atividade Física.
Esta é a parte que têm menor adesão pelos pacientes.
É dolorosa no início, é desconfortante, é preciso muito empenho, é preciso acreditar que a fase aguda da dor vai passar, trazendo alívio. Todo paciente precisa de orientação médica e/ou do profissional, que no caso é o Educador Físico. Eles poderão determinar tempo de atividade diária, o que melhor se adequa a sua condição, corrige erros comuns durante a atividade, e não deixar que o paciente force além de seu próprio limite... Tudo é comandado de forma progressiva. Mas é preciso empenho, determinação e adesão.

Quer saber o que é FIBROMIALIGIA? na coluna ao lado esquerdo das postagem clique no link "Mas o que é fibromialgia"


TRADUTOR

Mostrando postagens com marcador dicas para o fibromiálgico. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador dicas para o fibromiálgico. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

12 DICAS PARA LIDAR COM A FIBROMIALGIA

Sem Stress

Mulher meditando na margem de um rio

 Stress e desencadear os sintomas da  fibromialgia. Minimizando o stress é possível melhorar sua qualidade de vida. Alguns destruidores do stress comprovados são yoga, exercícios, sono e meditação. Respirar profundamente e expirando lentamente também pode ajudar. Ou manter-se em atividades mentais que você goste ou que fazem você se sentir melhor. Quando o stress chega, faça uma ou as duas técnicas.

Anote


Se "névoa fibro" está prejudicando o seu foco ou a memória, mantenha uma caneta e papel à mão. Faça de tarefas e até mesmo "a dizer" listas - para ajudar a lembrar tópicos que pretende conversar com o seu cônjuge ou familiares sobre. Mantenha listas de compras, os nomes dos amigos, e números de telefone e endereços importantes em um notebook para levar com você.
To-Do List preso ao espelho do banheiro da mulher
(*Fazer: comida, pagar contas, trocar o óleo, aspirar, pegar as crianças)

Exercício regularmente

Regulares, os exercícios de baixa intensidade, como caminhar ou fazer exercício em água quente, é um dos melhores tratamentos para a fibromialgia. Eles ajudam na dor e na diminuição da rigidez, reduzem o estresse, e podem aumentar a sua sensação de controle sobre fibromialgia. Você também pode dormir melhor. Fale com o seu médico ou com um fisioterapeuta sobre um bom programa de exercícios para você.
Mulheres que fazem hidroginástica com halteres

Faça uma séria imersão

Imersão em um banho quente ou em banheira de água quente pode relaxar os músculos tensos, reduzir a dor, e ajudá-lo a se mover mais facilmente. Se é difícil para você entrar e sair da banheira, tentar uma sauna ou colocar um banquinho no chuveiro para que você possa sentar-se e deixar a água fazer o seu trabalho. O calor úmido pode aumentar as endorfinas, que bloqueiam os sinais de dor, e ajudam a dormir mais profundamente.
Ruiva imersão em uma banheira

Prefira o descafeinado

A cafeína pode agravar o stress, tanto física como psicologicamente. Ela estimula o coração e sistema nervoso central, e pode aumentar o nervosismo, ansiedade, e insônia. Então descafeinados para desestressar. Para dormir melhor à noite, evite cafeína do final da tarde diante. Preste atenção para a cafeína no chocolate, café e alguns refrigerantes e chás.
Garçonete derramar xícara de café descafeinado



Tomar todos os dias algum tempo só para você

Fibromialgia pode representar desafios de saúde exclusivos e tornar a vida complicada. Então, é preciso ter um tempo para si mesmo todos os dias, como parte do seu tratamento. Perca-se num passatempo, coloque uma música, descanse - o que faz você se sentir bem. Pode trazer mais equilíbrio à sua vida, ajudá-lo a combater o stress, e aumentar a sua energia para as coisas que você precisa fazer.
Mulher, segurando, paleta e pintura em cavalete

Faça do seu Trabalho uma Vida Melhor

É o trabalho o deixa exausto e com dor? Projete um plano flexível que funciona para você e seu chefe, se for possívelPergunte sobre o trabalho de casa em tempo parcial, ou defina o seu horário para mais cedo ou mais tarde no dia, para que você possa ser mais produtivo. No escritório, reorganize o seu espaço de trabalho para o conforto e fácil acessibilidade. Um fone de ouvido de telefone, bandeja de teclado, ou outros produtos podem ajudar a colocar menos estresse em seu corpo.
A mulher no sofá com os cães, enquanto trabalha em casa

Falar sobre isso

Fibromialgia coloca pressão sobre você e aqueles ao seu redor. A comunicação é crítica. Não tente sempre colocar sobre você uma cara feliz. Seus entes queridos precisam saber o que piora os sintomas. Planeje conversar para ter o seu melhor tempo do dia. Tente se concentrar em um assunto e procurar soluções. E não tenha medo de pedir ajuda - de amigos, outros com fibromialgia, ou um conselheiro. 
Pares que têm uma discussão séria em seu sofá

Apenas diga não

A fibromialgia é às vezes chamada de "doença invisível" - você pode olhar bem, mas me sinto mal. As pessoas podem esquecer o que você precisa para priorizar e também o seu ritmo. Na pesagem das atividades, favores ou convites considere se eles vão mantê-lo em do repouso, exercício, ou relaxamento, e o  que você precisa para se sentir bem. É tudo certo se você simplesmente disser "não". E cumpri-lo.
Over-agendada calendário com atividade cruzado para fora
(* Comprar flores, assar biscoitos para vender, banho do bebê, futebol do Sam)

Faça seu quarto um santuário do sono

Se você não está tendo um bom descanso, defina o humor em seu quarto de dormir. Reserve a cama para dormir, mantenha o quarto escuro, silencioso, fresco e livre de distrações. Mantenha um horário regular de sono e regule seu tempo no computador , e não fique tarde-noite assistindo TV.Em vez disso, relaxe com música relaxante ou um banho quente.
Mulher usando fones de ouvido, enquanto relaxa na cama


Faça seu diário

Mantenha o controle sobre eventos, atividades, sintomas e alterações de humor que podem ajudar você a tomar conta da fibromialgia. Pode fazê-lo ciente de quando os sintomas começam e, ao longo do tempo, o que pode estar desencadeando-os. Depois, você pode trabalhar para eliminar os gatilhos ou aprender estratégias de enfrentamento para diminuir seu impacto.

Junte-se a um grupo de apoio

Os grupos de apoio podem desempenhar um papel importante na vida das pessoas com uma doença crônica. Seja pessoalmente ou on-line, eles oferecem um lugar seguro para falar com outras pessoas que podem compartilhar suas frustrações e preocupações. Os grupos de apoio fornecer apoio emocional, informações e dicas para lidar. (*a Abrafibro e suas unidades - Grupos de Apoio. Vide endereço eletrônico, no facebook, no cabeçalho deste blog)
Grupo de apoio no meio de discussão


Tradução: Sandra Santos - Diretora da Abrafibro - Associação Brasileira dos Fibromiálgicos.