Seja Bem Vindo ao Universo do Fibromiálgico

A Abrafibro - Assoc Bras dos Fibromiálgicos traz para você, seus familiares, amigos, simpatizantes e estudantes uma vasta lista de assuntos, todos voltados à Fibromialgia e aos Fibromiálgicos.
A educação sobre a Fibromialgia é parte integrante do tratamento multidisciplinar ao paciente. Mas deve se estender aos familiares e amigos.
Conhecendo e desmistificando a Fibromialgia, todos deixarão de lado preconceitos, conceitos errôneos, para darem lugar a ações mais assertivas com diversos aspectos, como: tratamento, mudança de hábitos, a compreensão de seu próprio corpo. Isso permitirá o gerenciamento dos sintomas, para que não se tornem de difícil do controle.
A Fibromialgia é uma síndrome, é real e uma incógnita para a medicina.
Pelo complexo fato de ser uma síndrome, que engloba uma série de sintomas e outras doenças - comorbidades - dificulta e muito os estudos e o próprio avanço das pesquisas.
Porém, cientistas do mundo inteiro se dedicam ao seu estudo, para melhorar a qualidade de vida daqueles por ela atingidos.
Existem diversos níveis de comprometimento dentro da própria doença. Alguns pacientes são mais refratários que outros, ou seja, seu organismo não reage da mesma forma que a maioria aos tratamentos convencionais.
Sim, atualmente compreendem que a síndrome é "na cabeça", e não "da cabeça". Esta conclusão foi detalhada em exames de imagens, Ressonância Magnética Funcional, que é capaz de mostrar as zonas ativadas do cérebro do paciente fibromiálgico quando estimulado à dor. É muito maior o campo ativado, em comparação ao mesmo estímulo dado a um paciente que não é fibromiálgico. Seu campo é muito menor.
Assim, o estímulo dispara zonas muito maiores no cérebro, é capaz de gerar sensações ainda mais potencialmente dolorosas, entre outros sintomas (vide imagem no alto da página).
Por que isso acontece? Como isso acontece? Como definir a causa? Como interromper este efeito? Como lidar com estes estranhos sintomas? Por que na tenra infância ou adolescência isso pode acontecer? Por que a grande maioria dos fibromiálgicos são mulheres? Por que só uma minoria de homens desenvolvem a síndrome?
Estas e tantas outras questões ainda não possuem respostas. Os tratamentos atuais englobam antidepressivos, potentes analgésicos, fisioterapia, psicoterapia, psiquiatria, e essencialmente (exceto com proibição por ordem médica) a Atividade Física.
Esta é a parte que têm menor adesão pelos pacientes.
É dolorosa no início, é desconfortante, é preciso muito empenho, é preciso acreditar que a fase aguda da dor vai passar, trazendo alívio. Todo paciente precisa de orientação médica e/ou do profissional, que no caso é o Educador Físico. Eles poderão determinar tempo de atividade diária, o que melhor se adequa a sua condição, corrige erros comuns durante a atividade, e não deixar que o paciente force além de seu próprio limite... Tudo é comandado de forma progressiva. Mas é preciso empenho, determinação e adesão.

Quer saber o que é FIBROMIALIGIA? na coluna ao lado esquerdo das postagem clique no link "Mas o que é fibromialgia"


TRADUTOR

Mostrando postagens com marcador Projeto de Lei 351/2016 segue para Câmara dos Deputados. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Projeto de Lei 351/2016 segue para Câmara dos Deputados. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

PROJETO DE LEI 351/2016 - pede a Instituição do Dia Nacional de Conscientização e Enfrentamento à Fibromialgia

Finalmente, após árdua busca de assinaturas em apoio ao Projeto de Lei 351/2016 da Senadora Ana Amélia Lemos, ele foi Aprovado.
Após aprovação pela Comissão julgadora, teve que esperar, pelo prazo legal, para que alguém interpusesse algum recurso. O prazo venceu no último dia 28, e ninguém recorreu.
No último dia 05, ele foi despachado para a Câmara dos Deputados, para que a mesa distribuidora, após análise, desse o devido andamento conforme o Regulamento desta Casa.
Hoje 06.10, a Sandra Santos, ligou para Câmara dos Deputados para obter as informações acima, e saber como verificar quando o Projeto chegasse  a esta casa.
Segundo o atendente, apó
s quarta feira é que será possível pesquisar e saber qual seu novo número, se será ou não unido ao Projeto de Lei com o mesmo tema já existente na casa, ou se seguirá seus trâmites independente.

Assim Povo Fibromiálgico, vamos ficar de olho 👀... Precisaremos de nossa união para novamente pressionarmos para rápida tramitação do Projeto nesta Casa - Câmara dos Deputados.

Trazemos esta notícia para que percebam, o quanto nossa união pode e é eficaz. Não somos poucos, somos mais de 6.000.000 de brasileiros... que sofrem com a carência de tudo.

Mas com união dos Brasileiros Fibromiálgicos, com garra e comprometimento podemos chegar onde precisamos e temos o direito.💪

Movimentação do Projeto de Lei 351/2016

Acompanhe aqui no Blog, pelo site da Câmara dos Deputados, ou em nossos perfis no Facebook... O importante é participar e ficar de olho para nossas novas manifestações.

À
Exma Senadora da República Sra. Ana Amélia Lemos.

Até aqui, Exma Senadora são mais de 6.000.000 de Brasileiros Fibromiálgicos gratos, pela sua nobre postura, acolhimento e sensibilidade ao entrar com esta Propositura, que há tanto tempo já vínhamos lutando para obter.
Nobre Senadora somos na maioria mulheres, mas também os poucos homens, sofrem com tantas carências, bullying,  desprezo, humilhações inclusive por parte dos familiares e amigos, falta de emprego, falta de benefícios previdenciários, falta de tratamento adequado tão necessário. O Estado negligencia nossas necessidades, que não são poucas. E com a instituição desta data teremos visibilidade e o reconhecimento de que a Fibromialgia é real e incontestável.
Existem dispositivos legais que já a reconhecem, mas para muitos profissionais e para o Estado, inclusive, o melhor é fechar os olhos e não nos verem, como assim têm feito por tantos anos.
Este é o primeiro marco, o primeiro tijolo duma enorme construção de benefícios aos cidadãos fibromiálgicos em nosso país. A Exma Senadora já é parte da construção de nossa história.
Nosso Muito Obrigada,
E que Deus continue a ilumina-la para que, continue a lutar por causas sérias, justas e igualitárias.
Deus a abençoe...
Em nome de mais de 6 milhões de Brasileiros Fibromiálgicos,
deixamos nossos "abraço de algodão" cordial e sincero.

       
                                                   Diretora Geral e Fundadora