Seja Bem Vindo ao Universo do Fibromiálgico

A Abrafibro - Assoc Bras dos Fibromiálgicos traz para você, seus familiares, amigos, simpatizantes e estudantes uma vasta lista de assuntos, todos voltados à Fibromialgia e aos Fibromiálgicos.
A educação sobre a Fibromialgia é parte integrante do tratamento multidisciplinar ao paciente. Mas deve se estender aos familiares e amigos.
Conhecendo e desmistificando a Fibromialgia, todos deixarão de lado preconceitos, conceitos errôneos, para darem lugar a ações mais assertivas com diversos aspectos, como: tratamento, mudança de hábitos, a compreensão de seu próprio corpo. Isso permitirá o gerenciamento dos sintomas, para que não se tornem de difícil do controle.
A Fibromialgia é uma síndrome, é real e uma incógnita para a medicina.
Pelo complexo fato de ser uma síndrome, que engloba uma série de sintomas e outras doenças - comorbidades - dificulta e muito os estudos e o próprio avanço das pesquisas.
Porém, cientistas do mundo inteiro se dedicam ao seu estudo, para melhorar a qualidade de vida daqueles por ela atingidos.
Existem diversos níveis de comprometimento dentro da própria doença. Alguns pacientes são mais refratários que outros, ou seja, seu organismo não reage da mesma forma que a maioria aos tratamentos convencionais.
Sim, atualmente compreendem que a síndrome é "na cabeça", e não "da cabeça". Esta conclusão foi detalhada em exames de imagens, Ressonância Magnética Funcional, que é capaz de mostrar as zonas ativadas do cérebro do paciente fibromiálgico quando estimulado à dor. É muito maior o campo ativado, em comparação ao mesmo estímulo dado a um paciente que não é fibromiálgico. Seu campo é muito menor.
Assim, o estímulo dispara zonas muito maiores no cérebro, é capaz de gerar sensações ainda mais potencialmente dolorosas, entre outros sintomas (vide imagem no alto da página).
Por que isso acontece? Como isso acontece? Como definir a causa? Como interromper este efeito? Como lidar com estes estranhos sintomas? Por que na tenra infância ou adolescência isso pode acontecer? Por que a grande maioria dos fibromiálgicos são mulheres? Por que só uma minoria de homens desenvolvem a síndrome?
Estas e tantas outras questões ainda não possuem respostas. Os tratamentos atuais englobam antidepressivos, potentes analgésicos, fisioterapia, psicoterapia, psiquiatria, e essencialmente (exceto com proibição por ordem médica) a Atividade Física.
Esta é a parte que têm menor adesão pelos pacientes.
É dolorosa no início, é desconfortante, é preciso muito empenho, é preciso acreditar que a fase aguda da dor vai passar, trazendo alívio. Todo paciente precisa de orientação médica e/ou do profissional, que no caso é o Educador Físico. Eles poderão determinar tempo de atividade diária, o que melhor se adequa a sua condição, corrige erros comuns durante a atividade, e não deixar que o paciente force além de seu próprio limite... Tudo é comandado de forma progressiva. Mas é preciso empenho, determinação e adesão.

Quer saber o que é FIBROMIALIGIA? na coluna ao lado esquerdo das postagem clique no link "Mas o que é fibromialgia"


TRADUTOR

Mostrando postagens com marcador meio ambiente e fibromialgia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador meio ambiente e fibromialgia. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Medicina Ambiental e a Fibromialgia

Após a participação no II Congresso Internacional de Medicina Ambiental pude perceber que a causa de várias doenças são explicadas intoxicação e pela alergia alimentar e por outras causas.

É um mito achar que somos somente o que comemos. Na verdade somos o que comemos, o que tocamos e o que respiramos!!! Esse é o conceito mais amplo da Medicina Ambiental.

Segue aqui algumas dicas que acho importante e que são fáceis de serem seguidas, adaptei algumas delas para a nossa codição especial:

1) Tome sol, o sol ajuda na absorção do cálcio e a falta do cálcio traz danos para o organismo. Se mesmo assim seu nível de cálcio está baixo faça a suplementação com o auxílio de um profissional.
2) Faça com que seu prato seja mais colorido e contenha todas as classes de alimento.
3) Faça atividades físicas com frequência se possível, se não for possível tente caminhar pelo menos 1 ou 2 minutos por dia e depois vá aumentando gradativamente.
4) Evite ficar por perto de antenas de celular,no conceito da Ambiental isso é um veneno.
5) PIMENTAS podem causar dor (sempre soube o contrário mas houve essa afirmação)
6) Evite usar cloro nas suas limpezas, o cloro é tóxico!!! É possível fazer a limpeza dentro de casa somente com agua, vinagre e bicarbonato de sódio.
7)Luzes incadescentes são tóxicas
8)Canos de cobre ou cerâmicas são melhores
9) Somente utilize mamadeiras de vidro para seus filhos
10) Sempre usar uma toalha ao ter contato com uma área que sabe que vai suar( sauna)
11) A utilização de amalgama nos dentes causa disbiose (problemas com a flora intestinal)
12) Dê preferencia ao parto normal e a amamentação até quando a criança quiser e você tiver condições (uma médica amamenta seu filho até os 3 anos)
13) O que é para uns alimento para outros é veneno (tente sentir os alimentos que te fazem mau e pare de comer)
14) O Mofo e o bolor é um veneno para nós fibromialgicos.
15) Não dar soja para crianças em excesso pois pode causar problemas de tireóides.

São algumas dicas iniciais, depois volto com outro artigo!!!

Cristian Willians Salemme
Homem com fibro há 10 anos!!!