Seja Bem Vindo ao Universo do Fibromiálgico

A Abrafibro - Assoc Bras dos Fibromiálgicos traz para você, seus familiares, amigos, simpatizantes e estudantes uma vasta lista de assuntos, todos voltados à Fibromialgia e aos Fibromiálgicos.
A educação sobre a Fibromialgia é parte integrante do tratamento multidisciplinar ao paciente. Mas deve se estender aos familiares e amigos.
Conhecendo e desmistificando a Fibromialgia, todos deixarão de lado preconceitos, conceitos errôneos, para darem lugar a ações mais assertivas com diversos aspectos, como: tratamento, mudança de hábitos, a compreensão de seu próprio corpo. Isso permitirá o gerenciamento dos sintomas, para que não se tornem de difícil do controle.
A Fibromialgia é uma síndrome, é real e uma incógnita para a medicina.
Pelo complexo fato de ser uma síndrome, que engloba uma série de sintomas e outras doenças - comorbidades - dificulta e muito os estudos e o próprio avanço das pesquisas.
Porém, cientistas do mundo inteiro se dedicam ao seu estudo, para melhorar a qualidade de vida daqueles por ela atingidos.
Existem diversos níveis de comprometimento dentro da própria doença. Alguns pacientes são mais refratários que outros, ou seja, seu organismo não reage da mesma forma que a maioria aos tratamentos convencionais.
Sim, atualmente compreendem que a síndrome é "na cabeça", e não "da cabeça". Esta conclusão foi detalhada em exames de imagens, Ressonância Magnética Funcional, que é capaz de mostrar as zonas ativadas do cérebro do paciente fibromiálgico quando estimulado à dor. É muito maior o campo ativado, em comparação ao mesmo estímulo dado a um paciente que não é fibromiálgico. Seu campo é muito menor.
Assim, o estímulo dispara zonas muito maiores no cérebro, é capaz de gerar sensações ainda mais potencialmente dolorosas, entre outros sintomas (vide imagem no alto da página).
Por que isso acontece? Como isso acontece? Como definir a causa? Como interromper este efeito? Como lidar com estes estranhos sintomas? Por que na tenra infância ou adolescência isso pode acontecer? Por que a grande maioria dos fibromiálgicos são mulheres? Por que só uma minoria de homens desenvolvem a síndrome?
Estas e tantas outras questões ainda não possuem respostas. Os tratamentos atuais englobam antidepressivos, potentes analgésicos, fisioterapia, psicoterapia, psiquiatria, e essencialmente (exceto com proibição por ordem médica) a Atividade Física.
Esta é a parte que têm menor adesão pelos pacientes.
É dolorosa no início, é desconfortante, é preciso muito empenho, é preciso acreditar que a fase aguda da dor vai passar, trazendo alívio. Todo paciente precisa de orientação médica e/ou do profissional, que no caso é o Educador Físico. Eles poderão determinar tempo de atividade diária, o que melhor se adequa a sua condição, corrige erros comuns durante a atividade, e não deixar que o paciente force além de seu próprio limite... Tudo é comandado de forma progressiva. Mas é preciso empenho, determinação e adesão.

Quer saber o que é FIBROMIALIGIA? na coluna ao lado esquerdo das postagem clique no link "Mas o que é fibromialgia"


TRADUTOR

Mostrando postagens com marcador alternativas de tratamento para a Fibromialgia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador alternativas de tratamento para a Fibromialgia. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

PNL - PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA

O que é PNL?
PNL - Programação Neurolinguística é o estudo do funcionamento da mente humana, através da maneira como cada indivíduo decodifica e interage com o mundo através dos sentidos.

A PNL nos oferece como uma de suas principais premissas, a necessidade de trabalharmos com ESPECIFICAÇÃO. Uma boa especificação engloba perguntas como as seguintes:

O que você quer?

Como pretende realizar isso?

Quais os recursos que você tem para atingir seus objetivos?

Quais os recursos necessários que você ainda não possui?

Isto que você quer é congruente com seus valores?

Por que isso é importante para você?

Você já tem um plano de ação?

Como você vai lidar com interferências? Que alternativas vai criar?

A linguagem orientada para o estado desejado ajuda nosso cérebro a entender exatamente o que queremos, e cria uma espécie de atrator em nossa vida.

Por que fazer PNL?
A PNL colabora para o caminho de bem estar na vida, onde, ao invés de ser uma vítima das condições que o mundo oferece, a pessoa se apropria de escolhas mais saudáveis e principalmente de sua capacidade de realização, tornando-se capaz de influenciar as situações e as condições externas. A base desse trabalho é uma crença inabalável no ser humano e no potencial que possui de mudança e superação.

Como são as sessões?
Por trabalhar com foco nos resultados e não nos problemas, as sessões abrangem mais do que simplesmente falar de si mesmo, desabafar ou contar acontecimentos. Nas sessões as pessoas vivenciam técnicas diversas que visam a expansão do seu modelo de mundo. Isso coloca o indivíduo numa posição ativa, onde ele é o responsável pelos resultados que obtém.

Que tipo de questões podem ser trabalhadas com PNL?
  • Metas e mudanças de perspectivas
  • Quebra de padrões indesejáveis como: fobias, ansiedade, timidez, compulsões
  • Questões de saúde e somatizações
  • Mudança de crenças limitantes
  • Questões de relacionamento interpessoal em qualquer área da vida
  • Organização do sistema nervoso para entrar em estado de recursos
  • Ressignificação de conteúdos do passado, presente ou futuro
  • Criar motivação
  • Questões voltadas para aprendizagem, como preparação para concursos, estudos, concentração, memória, entre outras.


  • Onde são realizadas as sessões?
    Opções:
  • Consultório
  • Residência ou trabalho da pessoa
  • Parques e lugares da natureza


  • Online, através do Skype


  • A quem se destina esse trabalho?
    A todas as pessoas que acreditam ou estejam abertas a acreditar que elas podem mudar a maneira como as coisas acontecem em suas vidas, e que estejam dispostas a sair da condição de vítima para a condição de co-criadora da sua realidade. É voltado para pessoas que queiram re(tomar) a responsabilidade pela própria vida, e queiram (re)descobrir a sua Força.



    Simone Alves de Souza
    Consultório: Rua Santo Afonso, 110 sala 305 - S.Pena, Tijuca
    Telefone: (21) 2569-0235 e 8866-0871
    E-mail: psicsimone@gmail.com